Romero Albuquerque defende o nome de Renata Campos para vaga no TCE

O deputado estadual Romero Albuquerque (PP) se pronunciou sobre a sucessão do Conselheiro do Tribunal de Contas de Pernambuco, João Campos, faleci

Coluna Política em Dia (29/06) – Os outsiders do Recife em 2020
Coluna O Direito na Política (04/08) – Temer e a vitória de Pirro
Renata Campos descarta interesse em ocupar vaga de conselheira do TCE

Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos

O deputado estadual Romero Albuquerque (PP) se pronunciou sobre a sucessão do Conselheiro do Tribunal de Contas de Pernambuco, João Campos, falecido no último final de semana vítima de um infarto, e defendeu o nome de Renata Campos, ex-primeira-dama do estado de Pernambuco, para ocupar vaga em aberto no tribunal. A movimentação em torno do nome de Renata surgiu porque cabe ao Governador Paulo Câmara indicar o substituto de João Campos.

“Ela reúne todas as condições para ocupar o cargo. Conhece bem a dinâmica do Tribunal, sobretudo por ser um quadro interno do TCE. Tem experiência no poder público ao tocar projetos na época de Eduardo Campos, tem bom trânsito político e terá estatura para exercer a função. Essas condições fazem com que ela conte com 100% de aprovação dos deputados aqui na Alepe”, revelou o parlamentar.

Albuquerque também sinalizou que, caso a indicação para vaga estivesse sob responsabilidade do poder legislativo, a Alepe teria grande chance de referendar o nome do deputado Guilherme Uchôa Júnior (PSC). “Excelente quadro político e que conserva habilidades técnicas suficientes para assumir o posto de Conselheiro. Faria um trabalho brilhante e desfruta de grande admiração perante os colegas aqui na Alepe”, comentou.

COMMENTS