Sanharó na expectativa para apreciação da Contas de Governo de 2015 já rejeitadas pelo TCE, do Ex-Prefeito Fernando Edier

Saiba mais informações clicando no link

Fernando Monteiro destina mais R$ 24 milhões para a saúde
Geovane Freitas entrega cargo da Superintendência do Trabalho em Pernambuco
Vereadores de municípios do Agreste formam Frente Jovem Parlamentar


Legislativo de Sanharó-PE, decide nesta quinta-feira (17), às 09:00h, sobre prestação de contas do ex-prefeito e atual Secretário de Finanças, Fernando Edier (PCdoB), referente ao exercício financeiro do ano de 2015. Ele tem como maior aliado o atual prefeito César Augusto de Freitas e o Presidente da Câmara Rodrigo Didier.

Por unanimidade, o Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) rejeitou as contas de Fernando Edier, por inúmeras irregularidades e determinou que diversas ações fossem tomadas. Para conseguir aprovação das contas, agora é necessário maioria absoluta na votação em plenário, atualmente a composição da Câmara Municipal de Sanharó é de 11 (onze) vereadores, sendo apenas 6 (seis) da base aliada do prefeito. Para mudar o entendimento do TCE o ex-prefeito necessita de 8 (oito) votos a seu favor. A expectativa da população é que os vereadores da oposição siga o entendimento da Tribunal de Contas.

O ex-prefeito de Sanharó, está agora nas mãos dos vereadores, aos quais caberá a palavra final sobre o parecer contrário do TCE, que se mantido pelo plenário da Câmara Municipal, poderá deixá-lo inelegível por pelo menos 8 (oito) anos, e assim livrar os vereadores contrários a recomendação de TCE de imbróglios judiciais junto ao MPCO e ao MPPE. Só que no fundo da questão a maioria duvida que isto irá acontecer, pois o que se ouve nos meios políticos da cidade é a máxima do “manda quem pode, obedece quem tem juízo”.

COMMENTS