SDS do Cabo e 18º Batalhão da PM realizam ação preventiva de combate ao Covid-19 no litoral cabense

Saiba mais informações clicando no link

Hospital de Campanha de Santa Cruz do Capibaribe inicia funcionamento
Após solicitação da deputada Roberta Arraes, Governo do Estado ampliará leitos de UTI na Região do Araripe
Coronavírus: Prefeitura de Sertânia inicia distribuição de máscaras para a população


O 18º Batalhão da Policia Militar e a Secretaria de Defesa Social do Cabo de Santo Agostinho realizaram ação educativa em cumprimento ao Decreto estadual que suspende o comércio de praia e impede a aglomeração de pessoas. A determinação começou a valer a partir deste sábado (21) em todo o Estado. 
 

No Cabo, a ação teve início na praia de Gaibu. Equipes da PM, Guarda Municipal e Defesa Civil Municipal orientaram banhistas, ambulantes e barraqueiros a deixarem o local. O sargento Nóbrega do 18º Batalhão  destacou que a finalidade é de prevenir contra a contaminação pelo novo vírus COVID-19, e ressaltou a importância da população cabense atender ao Decreto do Governo do Estado. “ Estaremos aqui fazendo uso do artigo 268 que fala da desobediência.  É a ele que vamos nos apegar.  O momento é de obedecer”. 

O comandante da Guarda Municipal do Cabo, Paulo Farias, responsável por coordenar as equipes da SDS municipal, disse que  a ação segue neste domingo (22) em todo litoral. Ele pediu que a população coopere nesse momento difícil, evitando aglomerações. 

Outra medida adotada foi a criação de barreiras em locais de acesso às praias, realizadas pelas equipes de fiscalização de Trânsito do município.  Carros com mais de 8 pessoas que estão visitando o litoral foram orientados a retornarem para suas casas. “O objetivo é que tenhamos o mínimo de pessoas expostas e aglomeradas, por isso, se faz necessário todo empenho”, destacou gerente de Trânsito, Djalma Neto. Os bloqueios aconteceram no trevo da entrada da praia de Enseada dos Corais, Paiva e na PE-28.

 Às 6h da manhã, uma equipe de salvamento aquático da Defesa Civil esteve nas orlas de Gaibu,, Calhetas, Itapuama, Paiva e Suape,   passando as primeiras orientações as pessoas que estavam chegando e aos barraqueiros. Alguns que insistiram em montar barracas foram orientados a deixarem o local sob risco de medidas mais enérgicas. A equipe ficará no local fiscalizando durante todo o final de semana em horários alternados.  

Três fiscais designados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo foi a bares, restaurantes e pousadas orientando os turistas que já estão no litoral a não se aglomerarem e evitar o banho de mar. 

COMMENTS