Simone Santana registra Dia do Assistente Social

Simone Santana registra Dia do Assistente Social

A passagem do Dia do Assistente Social foi lembrada, na Reunião Plenária desta quarta (15), pela deputada Simone Santana (PSB). A parlamentar fez um

Hospital Alfa: Romero Sales Filho sugere que unidade se torne referência em cirurgias eletivas e no tratamento da Covid-19
Eleita deputada estadual no último domingo, Alessandra Vieira concede entrevistas à rádios
Eriberto Medeiros, o governador do povo!

A passagem do Dia do Assistente Social foi lembrada, na Reunião Plenária desta quarta (15), pela deputada Simone Santana (PSB). A parlamentar fez um pequeno histórico da profissão, informando que, antes classificada como assistencialismo, a carreira foi regulamentada no Brasil em 1957. Porém, a partir da Constituição Federal de 1988, tornou-se uma política de seguridade social.

Em seguida, a Lei Orgânica da Assistência Social garantiu a instituição de um modelo descentralizado e participativo nas três esferas do poder. “Essa norma também foi responsável pela surgimento do Conselho Nacional de Assistência Social, que, em 2003, deliberou sobre o Sistema Único de Assistência Social (Suas), que cria serviços, programas, projetos e benefícios socioassistenciais, como o Bolsa Família, por exemplo.”

Segundo Simone, atualmente, a assistência social está consolidada no País, com redes de serviços, projetos, programas e benefícios. “Mas não se pode observar o Suas regredir, a partir das intervenções do Governo Federal, sem fazer nada”, pontuou, lembrando que a Alepe criou Frente Parlamentar sobre o sistema. “Essas conquistas precisam ser mantidas e melhoradas para as próximas gerações. Para que isso aconteça, precisamos continuar lutando por elas”, frisou.

Com informações da ALEPE

COMMENTS