Agora é Lei! Pessoas com Doenças Raras e Autismo terão atendimento prioritário em bancos no estado

Agora é Lei! Pessoas com Doenças Raras e Autismo terão atendimento prioritário em bancos no estado

Deputado Wanderson Florêncio foi autor do projeto

Eleita deputada estadual no último domingo, Alessandra Vieira concede entrevistas à rádios
Antônio Moraes propõe criação de colegiado para apurar situação de barragens em Pernambuco
“Pernambuco perde um homem público superlativamente valioso”, diz José Humberto sobre falecimento de Guilherme Uchôa

As pessoas com Doenças Raras e Transtorno do Espectro do Autismo agora têm direito a atendimento prioritário nos estabelecimentos bancários em Pernambuco. Nesta quarta-feira (10), foi promulgada, no Diário Oficial, alteração da Lei 16.203/2017. A iniciativa, que visa dar mais agilidade e diminuir a permanência do público nos bancos no estado, foi deputado estadual Wanderson Florêncio (PSC).

“É de conhecimento público que o atendimento nos bancos muitas vezes é demorado, cansativo e causa um desgaste para essas pessoas que precisam de um atendimento mais ágil, dinâmico. Com a inclusão das pessoas com Doenças Raras e Autismo elas permanecerão menos tempo nesses locais, facilitando assim o dia a dia desse público”, afirmou Wanderson Florêncio que é o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas com Deficiência e Doenças Raras na Alepe.

Estudos apontam que uma em cada 59 crianças nascidas possuem Autismo, um número que cresceu 15% nos últimos dois anos. Por ano, surgem cerca de 150 mil novos casos. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que no mundo existam mais de seis mil Doenças Raras, que podem ser degenerativas ou proliferativas, sendo 80% delas com origem em fatores genéticos.

Além do público com Doenças Raras e Autismo, pessoas com deficiências, mobilidade reduzida ou doença grave também possui atendimento prioritário.

COMMENTS