Alepe retoma as atividades priorizando causa animal

Alepe retoma as atividades priorizando causa animal

Em primeira sessão após recesso, pacote em defesa dos animais foi protocolado

Carreata da Causa Animal dá início à campanha de protetora Andreza Romero
No Recife, Outubro é o mês de prevenção a maus-tratos e combate ao abandono de animais
Prefeitura do Ipojuca promove vacinação antirrábica de cães e gatos

Em primeira sessão após recesso, pacote em defesa dos animais foi protocolado

Ampliar as ações consideradas como maus-tratos aos animais é foco do deputado estadual Romero Albuquerque (PP) após o recesso. Defensor da causa na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o parlamentar protocolou, nesta quinta-feira, 01, quatro projetos referentes à causa animal. Ao dar entrada nas proposições o deputado argumentou que a Alepe deve se dedicar inteiramente a análise dos textos. “O trabalho não pode parar, mesmo durante o recesso o gabinete permaneceu em pleno funcionamento, trabalhando em prol da causa animal. Como representante, sinto a necessidade e a obrigação de priorizar essas ações”, disse Romero.

O pacote apresentado possui quatro projetos de lei e pretende priorizar o bem-estar e tornar mais rígido o combate aos maus-tratos. O primeiro dispõe sobre a permissão para a visitação de animais domésticos em hospitais, o segundo proíbe o uso de correntes, o terceiro defende a criação do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), incluindo políticas públicas de atenção à saúde animal e o último Institui o dia da conscientização da doação de sangue animal em todo Estado.

O mais abrangente deles é o que trata da permissão para a visitação de animais domésticos em hospitais. Como justificativa do projeto o deputado defende que a presença de animais em visitas a pacientes durante a internação hospitalar pode auxiliar no tratamento de doenças. O projeto prevê ainda que a fiscalização da circulação dos animais nas unidades respeitarão os critérios definidos por cada estabelecimento. A visitação deverá ser agendada junto à administração do hospital, respeitando os critérios estabelecidos por cada instituição. Como base, o deputado comemorou a aplicabilidade em outros estados. “Com esta ação, Pernambuco se unirá aos estados e cidades que já deram esse grande passo na promoção do bem-estar dos animais e de seus donos”.

COMMENTS