Ao lado do deputado Eriberto, governador sanciona lei que resgata promoção de 476 sargentos em PE

Saiba mais informações clicando no link

Polícia Militar terá reforço de 750 soldados já no início de 2022
Policiais civis e militares, destemidos e essenciais – por Erick Lessa
De autoria do deputado Joel da Harpa, ALEPE votará preposição para o chamamento imediato dos concursados da PM e Bombeiros

Foi sancionado, na noite da segunda-feira (20/09), o projeto de lei que resgata a promoção de 476 policiais militares em Pernambuco. O governador Paulo Câmara assinou o projeto na presença do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eriberto Medeiros, do secretário da Casa Civil, José Neto, de Defesa Social, Humberto Freire, do Procurador-Geral do Estado, Ernani Medicis, além dos comandantes da PM, coronel Roberto Santana, e do Corpo de Bombeiros, coronel Coutinho.

O projeto 2437/2021 foi fruto da mobilização dos policiais intermediada pelo deputado Eriberto Medeiros. Junto à Procuradoria, o parlamentar encontrou a sugestão de alteração na lei, que foi encaminhada na Alepe e aprovada por unanimidade dos deputados estaduais.

O problema afetou 476 policiais militares, a partir de 2014. Há exemplos de profissionais que já atuavam como 2º Sargento e foram despromovidos para soldado, com perda salarial e prejuízo para a carreira militar, em virtude de uma possível divergência na interpretação feita pela Justiça do edital do concurso.

“Oriundo das forças de segurança do nosso Estado, me sinto muito feliz de poder usar meu mandato como instrumento para corrigir uma injustiça, ao resgatar o direito e poder devolver a autoestima de profissionais da nossa gloriosa Polícia Militar de Pernambuco, que atuam salvando vidas e precisam desse reconhecimento”, afirmou o deputado Eriberto Medeiros.

Foto: Heudes Régis/SEI

COMMENTS