Audiência pública avalia ações conjuntas entre o Recife e comunidades

Vereador Zé Neto (PROS) presidiu sessão e destacou importância do permanente diálogo com a população

Geraldo entrega 11 novas ambulâncias do SAMU 192 e anuncia abertura da Ala de Alto Risco do HMR
João Campos reafirma compromisso com vacina para trabalhadores da educação na abertura no ano letivo 2021
Paulo Câmara e Geraldo Julio dão início à construção do Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa

Vereador Zé Neto (PROS) presidiu sessão e destacou importância do permanente diálogo com a população

Com o desafio de alcançar a realização de mais de mil obras por ano, o projeto Parceria –da Prefeitura do Recife para serviços emergenciais em áreas de risco – foi amplamente debatido nesta quarta-feira (09.06.2021) em audiência pública requerida pelo vereador Zé Neto (PROS). Como presidente da Comissão de Planejamento e Obras da Câmara do Recife, Zé Neto trouxe o assunto para que os resultados da iniciativa fossem avaliados pelos parlamentares e lideranças comunitárias.

O detalhamento do projeto ficou à cargo do secretário executivo de Defesa Civil do Recife, Coronel Cássio Sinomar. Ele explicou o passo a passo da ação que, somente este ano, já conta com mais de 200 obras em andamento, beneficiando mais de 1 mil famílias. O Parceria prevê que a Defesa Civil identifique locais para a realização de serviços em áreas de risco, com o município disponibilizando apoio técnico e material e os moradores se responsabilizando pela mão-de obra.

“Este trabalho é exemplar, pois assegura o diálogo e a participação das comunidades. Como representante do povo do Recife, me cabe apresentar questões como essa ao debate público, contribuindo assim para ajustes, quando necessário. Além disso, manter a transparência das ações e, fundamentalmente, ajudar na construção de um Recife ainda melhor”, afirmou o vereador.

O impacto positivo do projeto das comunidades foi destacado pela a coordenadora da Central Única das Favelas (CUFA), Altamira Melo, que fez questão de falar durante a audiência pública sobre o compromisso da Câmara com a escuta popular, presente tanto na formatação do Parceria, quanto na sessão do Legislativo. “Com isso, fica garantida, mesmo em tempos de pandemia, a presença das favelas e da sociedade civil em importantes iniciativas da cidade”.

Outras soluções para melhorias das comunidades foram apresentadas pela secretária de Habitação Prefeitura do Recife, Eduarda Campos Médicis. Ela mostrou o Parceria Habitacional, no qual são feitas melhorias em moradias em áreas carentes, após estudos técnicos, garantindo condições de habitabilidade para várias famílias.

Também presentes à audiência, o diretor executivo da Emlurb, Daniel Saboya, e os vereadores Alcides Cardoso (DEM), Chico Kiko (PP) – ambos integrantes da Comissão de Planejamento e Obras; além de lideranças comunitárias, como Josias Filho (Júnior da Saúde), do Sancho; e Eudes Matos, do Alto José do Pinho.

COMMENTS