Autoridades lamentam morte de Marco Marciel

Saiba mais informações clicando no link

Presidente da Alepe participa da 22ª Marcha dos Prefeitos da CNM
Márcia Conrado discute investimentos para o turismo de Serra Talhada com ministro Gilson Machado
Joel da Harpa se mobiliza para evitar prejuízos aos policiais com a Reforma da Previdência

Ex-vice-presidente da República Marco Maciel — Foto: Agência Senado/Reprodução

Morreu, na madrugada deste sábado, 12, o ex-vice-presidente da República, Marco Antônio de Oliveira Maciel. Ele estava internado em um hospital de Brasília, em decorrência de complicações do mal de Alzheimer.

Nascido no Recife, Marco Maciel completaria 81 anos no dia 12 de julho. Ele iniciou como liderança no movimento estudantil na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde se formou em Direito.

Na vida pública foi deputado estadual, deputado federal, senador, governador de Pernambuco e também o 22º vice-presidente da República, no período de 1995 a 2003, quando, pelo então PFL (hoje DEM) compôs chapa com Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Maciel deixa a mulher, Anna Maria, e três filhos. Informações iniciais dão conta de que, apesar de ser pernambucano, seu corpo será enterrado mesmo em Brasília, em cerimônia restrita por conta da pandemia.

Autoridades enviaram notas lamentando o falecimento do político. Confira:

“Com a morte de Marco Maciel, o Brasil perde um político que sempre esteve aberto ao diálogo e ao entendimento. Ao longo de sua trajetória como deputado, governador, senador, ministro e vice-presidente da República, defendeu suas posições com ética e elevado espírito público. Características que também o destacaram na Academia Brasileira de Letras.

Fica decretado luto oficial de sete dias, em homenagem a esse grande pernambucano”

Paulo Câmara
Governador de Pernambuco

Pernambuco perdeu, hoje, um dos políticos mais importantes da sua história. Lamentamos profundamente a morte de Marco Maciel, alguém cuja trajetória se cruza com episódios marcantes do nosso Estado. Foi deputado estadual, foi deputado federal, senador, ministro da Educação e chefe da Casa Civil, chegando à vice-presidência da República. Como governador, olhou para a seca e pensou no desenvolvimento regional, priorizando o Porto de Suape. Foi um homem público com posições firmes, que valorizava o diálogo e o entendimento, elevando as questões políticas de Pernambuco à vida nacional. Merece nosso respeito e admiração pelo caminho que trilhou, inspirando as pessoas com a sua seriedade e comprometimento. Que Deus conforte seus familiares e amigos nesse momento de despedida e que seu espírito possa descansar em paz.

Deputado Eriberto Medeiros
Presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco

“O Brasil e Pernambuco perdem um grande político, o recifense Marco Maciel. Em 45 anos de vida pública ocupou diversos cargos, culminando com a vice-presidência da República, por dois mandatos. Sempre fazendo política buscando construir pontes e entendimentos. Minha solidariedade à família e aos amigos. Que possam encontrar conforto neste momento de dor. Estou decretando luto oficial por três dias no Recife”.

João Campos
Prefeito da Cidade do Recife

O Brasil perde um de seus mais ilustres filhos. Com uma trajetória política marcada pela integridade e compromisso com interesse público, Marco Maciel foi exemplo de diálogo e conciliação em todos os cargos que ocupou. Como vice-presidente da República, soube a exata dimensão do cargo, que exerceu com ponderação sempre em busca do bem comum. Como governador de Pernambuco, trabalhou pelo desenvolvimento do semiárido, missão que ainda nos desafia. Deixa legado que inspira todos aqueles que acreditam que a política é um instrumento de transformação do País. Meus sinceros sentimentos e solidariedade à família e aos amigos.

Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE)

Pernambuco perde hoje, 12 de junho de 2021, o mais importante vulto da história política do Estado e do país, Marco Antônio de Oliveira Maciel.

Estudante notável de Direito, Líder estudantil ativo e respeitado, muito jovem Deputado Estadual, Deputado Federal, Presidente da Câmara dos Deputados, Governador do Estado, Ministro da Educação, Vice Presidente da República e muitos outros cargos, funções e Missões, destacando, sobretudo, o perfil de um político probo, um homem educado e de fino trato, de consciente e convicta honestidade pessoal, por fim, um homem que todos devem tê-lo como um exemplo a ser seguido.

O nosso Estado empobrece, ao mesmo tempo nos privamos de um daqueles símbolos, que pronunciávamos, de boca cheia, um “Verdadeiro e Ilustre Cidadão”.

Prateamos, portanto, a nossa melhor referência.

Que Deus o tenha no merecido lugar e que nos permita seguir os seus exemplos.

José Humberto de Moura Cavalcanti Filho Superintendente da Escola do Legislativo – ELEPE

“Pernambuco e o Brasil perderam hoje um dos políticos de maior envergadura e liderança. Marco Maciel exerceu com maestria todos os cargos que ocupou como secretário deputado, senador, governador, ministro e vice-presidente da República. Sua ética, o estilo discreto e ao mesmo cativante eram as suas marcas. Meus sentimentos à família neste momento de perda”.

Anderson Ferreira
Prefeito do Jaboatão dos Guararapes

Como político, Marco Maciel encarnou as maiores virtudes republicanas, honradez e dedicação às melhores causas. Como cidadão exemplar, nos deixou lições de moderação, equilíbrio e civilidade, que devem ser sempre valorizadas, especialmente neste tempo em que vivemos. Uma grande perda para o Brasil.

O meu abraço a Dona Ana Maria e familiares.

Armando Monteiro Neto

O Brasil, a política e o Democratas perdem um dos melhores homens públicos da história do país: Marco Maciel. Maior representante da política do diálogo, exemplo de espírito público, de ética, de moralidade, de integridade, de trabalho e compromisso com os valores democráticos. Após anos acometido pelo Alzheimer, nos deixa hoje com um legado de ensinamentos como o seu sacerdócio político e trabalho em defesa dos interesses de Pernambuco, do Brasil e dos valores democráticos.

De formação cristã humanista, exerceu a vocação política desde o movimento estudantil, tendo construído uma carreira pública exemplar como vice presidente da república, senador, ministro da Educação, deputado, presidente da Câmara dos Deputados, governador de Pernambuco e imortal da Academia Brasileira de Letras.

Marco do liberalismo e o Marco de Pernambuco, como gostava de ser lembrado, Maciel foi e continuará sendo, para o nosso partido e para o país, uma referência política em defesa dos valores liberais, da democracia, do entendimento e da busca pelos consensos. Entre seus inúmeros aprendizados, a defesa de que “devemos buscar sempre, entre o que nos separa, aquilo que pode nos unir”. Com gentileza e cordialidade ímpar, foi um colecionador de amigos de variadas linhas ideológicas.

Vitorioso na trajetória pública e pessoal, teve na sua serenidade a força de um grande líder. Um pernambucano raiz, sempre exaltou os nossos símbolos, defendeu nosso povo. Foi um grande governador com visão de futuro deixando sua marca em todos os cantos do nosso Estado. Deixa um vazio muito grande.

Nós do Democratas e do Instituto Liberdade e Cidadania abraçamos dona Ana Maria, sua companheira de todas as horas, os filhos Gisela, João Maurício e Cristiana e a todos os familiares e amigos.

Ao nosso grande líder, nossa homenagem e agradecimentos por poder conviver e compartilhar do seu exemplo de dedicação à construção de um Pernambuco e de um Brasil democrático, melhor e mais justo.

Mendonça Filho

Presidente Estadual do Democratas e do Instituto Liberdade e Cidadania.

Eu e minha mulher Isabela Coutinho lamentamos profundamente a morte de Marco Maciel, grande referência política para mim e toda uma geração em Pernambuco. Presto minha solidariedade à família, em especial à mulher Anna Maciel, seus filhos Gisela, Cristiana e João Maurício, e aos amigos nesse momento de dor.

Deputado federal, deputado estadual, senador, governador, ministro da Educação e vice-presidente da República em duas ocasiões, durante a gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso. Passou por todas essas funções trabalhando incansavelmente pelo nosso estado e deixando um legado de honestidade, humanidade e lealdade a Pernambuco.

Na política, foi um dos líderes na redemocratização na Frente Liberal, que apoiou a candidatura de Tancredo Neves à Presidência da República, em 1985. O movimento foi o aglutinador do então Partido da Frente Liberal (PFL), atual Democratas, ao qual fui filiado e iniciei minha vida pública.

Na minha vida pessoal, eu tive o privilégio de ser seu amigo. Marco Maciel ainda foi padrinho do meu casamento e dividia comigo a paixão de torcer pelo Santa Cruz.

A sua dignidade, honestidade e espírito democrático na vida pública é um orgulho de Pernambuco e é um exemplo para esse Brasil que precisa tanto de homens como ele. A política brasileira fica mais pobre sem o nosso Marco.

Augusto Coutinho
Deputado Federal

Lamento profundamente a morte do ex-governador, deputado, senador e vice-presidente Marco Maciel. Um homem que sempre cultivou a boa política, o diálogo e o amor pelo Estado e pelo Brasil.

Marco Maciel é uma grande referência para todos nós. Sempre trabalhou em defesa dos interesses de Pernambuco. Sem dúvida alguma, é um exemplo para a nossa geração. Sempre foi um homem sereno, equilibrado, que procurou fazer política respeitando a todos, independentemente de posição partidária, ideológica ou social. Nesse momento de dor, me solidarizo com todos os familiares e amigos que ele construiu ao longo da vida pública. 

Deputado federal Silvio Costa Filho e família

Recebi com pesar a notícia do falecimento do ex-vice-presidente da República e ex-governador de Pernambuco, Marco Maciel. Conciliador, honrado e íntegro, ao lado do presidente Fernando Henrique Cardoso fez muito ao Brasil, sem esquecer jamais de seu estado e de seu povo, em todas as funções que exerceu como deputado, senador e ministro. Em nome do PSDB de Pernambuco, expresso nossa profunda solidariedade à sua esposa, Anna Maria, filhos, toda família, inúmeros amigos e a nossa gente que se despede hoje de um de seus grandes líderes”.

Raquel Lyra
Presidente do PSDB em Pernambuco

O prefeito de Olinda, Professor Lupércio, lamenta profundamente o falecimento do ex-vice-presidente da República e ex-governador de Pernambuco, Marco Maciel. Um homem que desde muito jovem ocupou funções destacadas e assumiu grandes responsabilidades como deputado estadual, federal, presidente da Câmara, senador, ministro da Educação, além dos cargos anteriormente citados e outras honrosas missões assumidas por ele.

A cidade de Olinda e todos os olindenses têm uma gratidão histórica com Marco Maciel. O nosso título de Patrimônio Cultural da Humanidade, conferido pela Unesco, foi obtido em 1982, último ano da administração dele no governo de Pernambuco. Tendo a sua gestão papel importante sobretudo na organização da complexa documentação que sacramentou a Marim dos Caetés como monumento mundial.

Um dos traços mais marcantes da personalidade de Marco Maciel foi a sutileza, que ele soube utilizar junto com o diálogo e a tolerância no bom trato de fazer política. Professor Lupércio se solidariza com familiares e amigos de Marco Maciel.

Professor Lupércio
Prefeito de Olinda

Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento do ex-vice-presidente da República Marco Maciel. Sua vida se confunde com a história política do nosso estado e do nosso país. O Brasil e Pernambuco ficam menores com sua partida. A nós, fica a responsabilidade de defender seu legado e sua trajetória. Meus profundos sentimentos a Ana Maria Maciel, sua esposa e companheira inseparável, a seus filhos e amigos.

Ricardo Teobaldo
Deputado Federal e Presidente do Podemos/PE

“A partida de Marco Maciel, marco de Pernambuco, representa a perda também de parte importante da história política do nosso Estado e do País. Marco Maciel deixa a todos nós o legado de um homem público sempre aberto ao diálogo sem esquecer de suas convicções. Meus sentimentos a toda a família e amigos. Que Deus conforte a todos neste momento tão difícil”.

Fernando Monteiro
Deputado federal

Pernambuco perdeu Marco Maciel. Sua trajetória como deputado, senador, governador e vice-presidente teve o símbolo da correção e lealdade aos seus princípios. Cultivou, na vida pessoal e política, o valor do respeito a fidalguia com as pessoas, que tanto faz falta hoje ao Brasil.

Danilo Cabral
Deputado federal

O Partido Progressistas de Pernambuco lamenta profundamente a morte de Marco Maciel, recifense e grande quadro da política nacional.

Homem público honrado, será sempre reconhecido pelo estilo conciliador e por sua grande capacidade pacificadora.Nosso sentimento de pesar aos familiares, especialmente a esposa Ana Maria e aos três filhos e netos, e aos amigos. Que Deus conforte o coração de todos.

Eduardo da Fonte
Presidente do Partido Progressistas/Pernambuco

Lamento o falecimento do ex-vice-presidente da República, Marco Maciel.

O pernambucano foi um grande político, exercendo também os cargos de deputado, senador e governador, numa trajetória de muita dedicação ao nosso estado e nosso país.

Deixo meus sentimentos de pesar a todos os seus familiares e amigos.

Alessandra Vieira
Deputada Estadual

A política no Brasil e, principalmente, em Pernambuco perde uma das suas principais referências. Marco Maciel foi a história da política nos últimos 50 anos. Sempre cordial, emprestou a sua grandeza a todos os cargos que ocupou, de deputado a vice-presidente da República. Exercia a política com elegância e inteligência e tinha uma capacidade enorme de buscar convergências nas divergências. Deixo aqui os meus sentimentos à sua esposa, Ana Maria, aos seus filhos e familiares. Que encontrem em Deus o conforto necessário neste momento tão difícil.

André Ferreira, deputado federal e presidente estadual do PSC

Fiquei muito triste com a notícia da morte de Marco Maciel. Com altivez, senso de Justiça e sabedoria, enobreceu os cargos de deputado, governador, senador, ministro e vice-presidente da República que ocupou. Conhecia como poucos o tempo da política. E trabalhou incansavelmente para ajudar Brasil e Pernambuco a superarem suas dificuldades. Que Deus acolha a sua esposa Ana Maria, seus filhos e demais familiares neste momento de dor.

Manoel Ferreira
Deputado estadual pelo PSC

Foi com muito pesar que recebemos na manhã de hoje o falecimento do ex-vice-presidente da República, Marco Maciel. Pernambucano, Maciel faleceu aos 80 anos em Brasília, devido a complicações do Mal de Alzheimer.

Advogado e professor, Marco Maciel foi deputado, governador de Pernambuco, senador, ministro-chefe do Gabinete Civil da Presidência da República e vice-presidente da República de 1995 a 2003, no governo Fernando Henrique Cardoso. Deixou o legado de fazer política com muito diálogo e tranquilidade. Ensinou muito e sua história continuará ensinando como grande figura pública que foi.

Fica aqui toda minha solidariedade a sua família, Anna Maria, sua esposa, e aos três filhos.

Diogo Moraes

Deputado Estadual
Vice-líder do Governo na Alepe

Lamento profundamente o falecimento do ex-governador de Pernambuco e ex-vice-presidente da República Marco Maciel, que passou pela vida pública sem deixar nenhuma mancha. Político aberto ao diálogo, fiel aos correligionários e respeitoso com os adversários, Marco não tinha inimigos. Paciente e homem de muita fé, deixou um grande legado e inspirou muitos políticos que trabalharam e cresceram ao seu lado. Deixo um abraço fraterno a todos os familiares e desejo que Deus possa confortar a esposa Ana Maria Maciel, filhos e netos.

Wanderson Florêncio
Deputado estadual 

O Brasil e Pernambuco se despedem, neste sábado, de um dos seus principais líderes políticos. Homem do diálogo, Marco Maciel sempre foi referência na vida pública pela sua incessante busca pelo entendimento e pelo consenso, mesmo entre aqueles que dele discordavam. E foi ancorado na defesa da democracia, nos valores de integridade, moralidade e compromisso público que construiu uma vitoriosa trajetória política e de trabalhos prestados ao nosso Estado e ao nosso país quando ocupou cargos importantes na política nacional: vice-presidente da República, ministro, governador de Pernambuco, senador, deputado estadual e federal. Marco Maciel soube honrar o seu povo, o nosso Pernambuco, e deixa-nos um legado desafiador em tempos atuais de tanta polarização: fazer política com ponderação e sempre em busca do bem comum. Desse grande líder, ficarão guardadas a admiração e a inspiração de trabalhar pelo nosso povo.

A familiares e amigos, os meus sinceros sentimentos!

Deputado Antonio Coelho
Líder da Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco

COMMENTS