conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

MENU

ALEPE

“Aves e pessoas são diferentes em seus voos, mas iguais no direito de voar”, diz Henrique Filho debruçado sobre projetos que contemplam pessoas com deficiência

Saiba mais informações clicando no link

Deputado Henrique Queiroz Filho

“Aves e pessoas são diferentes em seus voos, mas iguais no direito de voar”. A citação de autor desconhecido deu uma mãozinha extra quando o deputado estadual Henrique Queiroz Filho estava debruçado sobre a elaboração de projetos que contemplam pessoas com deficiência em Pernambuco e no Brasil, que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) somam 45,6 milhões, ou seja: 23,92% da população brasileira.

Neste 11 de outubro, comemora-se o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Física. A data é oportuna para destacar projetos que podem garantir inclusão e mudança significativa para pessoas com deficiência. O PLO de nº 1074/23, por exemplo, dispõe sobre a criação do Programa Banco Solidário de Equipamentos Auxiliares da Mobilidade em todo estado de Pernambuco.

A função do banco é controlar a cessão de uso gratuito, por empréstimo, que deverá ser realizada por meio de cadastro e com duração de até um ano, podendo ser prorrogado pelo período descrito no termo de uso. O banco deve ser composto por cadeiras de rodas, bengalas, muletas, andadores e similares, e deve ser organizado pelo Estado, seguindo os critérios e condições para contemplações e doações juntamente com pessoas físicas e/ou jurídicas”, explica Henrique Queiroz Filho.

ESPORTE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS

Também é de autoria do deputado Henrique Queiroz Filho o projeto de nº 1123/23, que dispõe sobre o incentivo à prática esportiva para pessoas com deficiência, nas escolas da rede pública de Pernambuco. O projeto propõe, ainda, que a escola deverá proporcionar momento esportivo para as crianças com deficiência, a fim de melhorar o aproveitamento de suas capacidades.

Assim, cada unidade pública de ensino deve manter, pelo menos, um profissional de educação física capacitado para lidar com os variados tipos de deficiência e intercorrência. “Além disso, anualmente, a rede pública de ensino deverá promover competições interescolares, dedicadas ao público com deficiência”, ressalta o parlamentar.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

MUDANÇAS

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (22), mudanças nos comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. O coronel Ivanildo Cesar Torres de...

Destaque

O município de Serra Talhada foi classificado como uma das 10 cidades mais competitivas do Nordeste, segundo avaliação do Centro de Liderança Pública (CLP),...

FESTA DO MOMO

Já escutamos os sinais do Carnaval! A Prefeitura do Recife anunciou diversos serviços e novidades para o Carnaval 2024. Em coletiva realizada na manhã...

Copyright © 2014 - 2023 Blog Ponto de Vista. Todos os direitos reservados.