Campanha estadual de orientação sobre crimes contra crianças e adolescentes no Carnaval chega a Olinda

Saiba mais informações clicando no link

Simone Santana é a mais votada na eleição da Mesa Diretora da ALEPE
Padilha inicia agenda desta quarta com porta a porta no Catolé
Em São Lourenço, Eduardo da Fonte caminhará ao lado de Vinicius Labanca

A ação, que já aconteceu em Itamaracá e Jaboatão dos Guararapes, aconteceu nesta quarta-feira (19) na Cidade Alta e segue para o Recife nesta quinta-feira (20)

Para coibir casos de violações de direitos de crianças e adolescentes durante o período Carnavalesco, equipes da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) e da Prefeitura de Olinda percorreram, nesta quarta-feira (19), as ruas da Cidade Alta informando a população sobre os principais crimes contra o público durante a festa e conscientizando as pessoas a não colaborarem e denunciaram as violências aos órgãos competentes.

Durante toda a manhã, as equipes estaduais de Assistência Social e de Políticas para a Criança e Juventude, da SDSCJ, e do município conversaram com comerciantes que têm as barracas na Praça do Carmo e com taxistas que trabalhavam no local sobre como identificar as violações e como acolher as vítimas. Os transeuntes e a rede hoteleira da cidade também receberam orientações e materiais informativos sobre as violências.

Comerciante em Olinda há mais de 10 anos, Luiz Henrique afirma que sempre tem o cuidado de não oferecer bebidas alcoólicas para o público com menos de 18 anos. Pai de duas crianças e uma adolescente de 16 anos, ele destaca que sempre orienta os filhos sobre a necessidade de priorizar os estudos e brincar. “Nunca concordei em colocar meus filhos para trabalhar logo cedo. Eles precisam construir uma vida melhor. Sou pedreiro também e meu filho mais novo, por me ver trabalhando muito, sempre quer participar dos serviços. Para ele não ficar chateado, comprei brinquedos que imitam ferramentas de construção para ele brincar”, conta.

Além de Olinda, a ação de sensibilização já esteve em Itamaracá e Jaboatão dos Guararapes. Na quinta-feira (20), é a vez do Recife. As equipes estarão a partir das 9h no Terminal Integrados de Passageiros, na Estação Central do Metrô e no Recife Antigo. “A atividade é uma estratégia de prevenção e de disseminação de informação. Precisamos que a população esteja ciente de quais crimes acontecem com crianças e adolescentes em eventos de grande porte, como Carnaval, para eles sejam parceiros do Estado no combate às violações”, ressalta o gestor, Sileno Guedes.

LGBT – A campanha Folia sem LGBTfobia, promovida pela SDSCJ em parceria com Secretaria de Defesa Social, se uniu a abordagem social, orientando e distribuindo material informativo em combate ao preconceito da população LGBT. A ação também acontece na quinta-feira (20), no Recife.

COMMENTS