conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

MENU

EDUCAÇÃO

Cida Pedrosa defende greve das universidades e institutos federais

Durante a reunião plenária da Câmara do Recife dessa terça-feira (11), a vereadora Cida Pedrosa (PCdoB) defendeu a greve das universidades e institutos federais de todo o Brasil, que teve início ainda em março deste ano. Ao destacar a importância do direito do trabalhador a respeito da realização da greve, a parlamentar reproduziu o posicionamento do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) através de nota oficial divulgada.

De acordo com a vereadora, os professores das universidades e institutos federais do Brasil não recebem aumento salarial desde 2016. “Tivemos um processo de absoluto achatamento de salários de trabalhadoras e trabalhadores e do salário mínimo. A categoria de professores das universidades e dos institutos federais não receberam qualquer aumento salarial durante o governo Temer e o período de Bolsonaro”, comentou.

A parlamentar defendeu a importância da resolução da greve para que estudantes, professores e funcionários retomem as suas atividades. “Precisamos solucionar essa greve para que a sociedade sofra menos e os estudantes também. Para isso, precisamos de mais habilidade na mesa de negociação. Não podemos começar uma mesa de negociação com zero, pois quando é dessa forma existe um recrudescimento das categorias envolvidas neste processo de construção da luta salarial. A gente precisa entender que educação não é gasto, é investimento e, por isso, o PCdoB é contra esse déficit zero”, disse.

Segundo Cida Pedrosa, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva repassou um aumento de 9% aos professores e técnicos assim que assumiu a cadeira da Presidência da República. “Sem haver greve, numa atitude de reconhecimento da importância da educação e do ensino superior no Brasil. Ontem, Lula esteve com reitores e anunciou o investimento de R$ 5,5 bilhões para ter a extensão das universidades nos interiores. Aqui em Pernambuco, teremos em Sertânia, e isso é muito bom”, pontuou.

No entanto, Cida Pedrosa chamou a atenção para a centralização da luta. “Não basta a gente estender e criar novas universidades, a gente precisa ter o aumento dos professores, mas não podemos entregar a nossa luta na mão da direita, como está acontecendo. A direita está tomando para si uma luta que nunca foi dela. E também não podemos cair na armadilha dos esquerdistas que estão fazendo algo que aproxima do que a direita está fazendo. A greve é justa, há que se ter parcimônia e tranquilidade para sairmos desse impasse”. 

Leticia Lima

Jornalista diplomada pela Uninassau

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

OPORTUNIDADE

O prefeito Mano Medeiros anunciou hoje (26), um concurso público para diversos cargos públicos no Jaboatão dos Guararapes, oferecendo um total de 1.582 vagas....

ELEIÇÕES 2024

O Blog Ponto de Vista, em parceria com o Instituto França de Pesquisas (IFP), divulgará neste domingo pesquisa sobre a corrida eleitoral em Caruaru....

Recife

Aumentou o número de opções entre os auxiliares do prefeito João Campos que entraram no radar como alternativas para ser seu companheiro de chapa...

MUDANÇAS

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (22), mudanças nos comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. O coronel Ivanildo Cesar Torres de...

Copyright © 2014 - 2023 Blog Ponto de Vista. Todos os direitos reservados.