Com foco no combate à fome, Prefeitura do Paudalho inaugura Programa Sopa Família

Saiba mais informações clicando no link

Danilo Cabral cobra recomposição de orçamento da assistência social
Danilo Cabral organiza ato contra corte de recursos da Assistência Social
Petrolina anuncia investimentos para priorizar rede de assistência social

A Prefeitura do Paudalho, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (SEDAS), realizou na tarde desta sexta-feira (15) o lançamento do Programa Sopa Família. A iniciativa tem o propósito de garantir o direito à alimentação para munícipes que estejam em situação de insegurança alimentar e nutricional. Por meio da ação, cerca de 500 famílias serão beneficiadas, alcançando o total de 2.200 pessoas.

Com início às 15h, a solenidade ocorreu em frente a sede do programa, localizada na Rua Doutor Antônio Montenegro, nº 59, no centro da cidade. A programação contou com a presença do prefeito Marcelo Gouveia, do vice-prefeito André Viana, do deputado federal Ricardo Teobaldo, de secretários municipais, vereadores e demais membros da sociedade civil.

A distribuição das sopas terá início na segunda-feira (18). Inicialmente, a ação atenderá a paudalhenses que moram em sete comunidades: Chã do Pinheiro, Bobocão, Primavera, Alto Dois Irmãos/Cruzeiro, Belém, Residencial Guadalajara 1 e 2 e Orá. A entrega ocorrerá diariamente, com funcionamento de segunda a sexta, sempre a partir das 15h.

A dona de casa Maria Regina esteve na cerimônia de abertura. A moradora do Alto Dois Irmãos vê o Sopa Família como uma esperança para aqueles que estão passando por dificuldades. “Eu estou achando esse programa muito bom, maravilhoso. Porque tem gente que hoje em dia dorme até com fome porque não tem nada para comer”, comentou.

Segundo a secretária municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, Valquíria Marinho, a inauguração do programa é um sonho antigo que se torna realidade. O lançamento seria realizado meses antes, porém, com a crise sanitária ocasionada pela pandemia da covid-19 o plano teve que ser adiado. “Hoje a gente consegue entender que o Sopa está sendo lançado em um momento oportuno. Porque, infelizmente, nós sabemos qual é a real atualidade, a desigualdade social só cresce no nosso país.”

De acordo com dados divulgados no estudo “Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil”, elaborado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN), atualmente, quase 20 milhões de brasileiros estão passando fome.

“A crise começa a parecer ainda mais forte quando a fome volta a imperar. Nós não poderíamos ver tudo isso acontecer e não fazer a nossa parte”, declarou o prefeito Marcelo Gouveia. Durante o seu discurso, o gestor reafirmou o compromisso com o combate a essa problemática e afirmou que a expectativa é que o número de pessoas beneficiadas pelo programa só

Para além da entrega de alimentos

O Sopa Família vai além de um serviço de distribuição de alimentos. A iniciativa é uma renovação do antigo Programa Sopa Criança, ação implementada em Paudalho há cerca de 20 anos, na gestão do prefeito Eufrásio Gouveia.

Uma novidade no novo programa é que os responsáveis familiares beneficiados deverão participar de palestras, orientações e oficinas oferecidas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (SEDAS), com objetivo de desenvolver a autonomia familiar.

O público-alvo da ação são famílias com crianças de 2 a 18 anos de idade, idosos a partir dos 60 anos e até os 65, gestantes e nutrizes. As crianças atendidas devem ser acompanhadas pelo Serviço de Proteção de Atendimento Integral à Família (PAIF), vinculadas ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da SEDAS.

COMMENTS