Coronel Alberto Feitosa é sabatinado pelo Sindguardas Recife e é aplaudido ao fim da conversa

Saiba mais informações clicando no link

Deputados terão 0,5% do orçamento para emendas
Feitosa participa de sabatina da direita e comemora resultado positivo do encontro
“João Campos não conhece o Recife”, afirma Feitosa


O deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura do Recife, o coronel Alberto Feitosa, participou na tarde desta quinta-feira (06) de uma sabatina na sede do Sindicato dos Guardas, Subinspetores, Inspetores e Agentes de Trânsito do Recife (Sindguardas Recife), onde teve a oportunidade de responder e apresentar propostas voltadas para a categoria. Ao final da conversa, Feitosa foi aplaudido pelos sabatinadores e presentes no local.

Entre os assuntos abordados e defendidos pelo pré-candidato, o respeito e o diálogo com a categoria, a implantação da Lei 13.022, que inclui a guarda municipal no grupo de segurança pública e não é respeitada em Recife; o armamento e capacitação dos profissionais, a melhoria no atendimento de saúde, um plano de moradia, entre outros assuntos.

Segundo o presidente do Sindguardas Recife, Pericle da Silva, o objetivo da sabatina é encontrar um pré-candidato que pode representar a Guarda Municipal do Recife. “Estamos conversando com os pré-candidatos do Recife e buscando alguém que possa nos representar. Gostei muito das respostas do coronel Alberto Feitosa. Ele conhece sobre segurança pública, área da nossa guarda, e mostrou capacidade de diálogo”, afirmou.

Ao final da sabatina, Alberto Feitosa agradeceu e se colocou como o candidato que melhor pode tratar sobre o tema de segurança pública. “Quem vocês acham que pode tratar melhor sobre o assunto, que vai entender mais as dificuldades de vocês? Alguém que já vestiu uma farda, calçou um coturno, que já pegou em arma para defender a sociedade ou os demais candidatos? Então eu acho que a Guarda Municipal do Recife tem a oportunidade de colocar um colega que sabe das dificuldades na Prefeitura do Recife, que entende o que é ser um agente da lei em defesa da sociedade recifense e pernambucana”, concluiu.

COMMENTS