Débora Almeida diz que 2023 será um ano de avalição para tomada de decisões no mandato de deputada estadual

Saiba mais informações clicando no link

Raquel Lyra Priscila Krause Débora Almeida
Na opinião da parlamentar, ex-prefeita de São Bento do Una, profunda conhecedora do ambiente rural e que tem raízes sólidas ligadas aos setores produtivos, ‘O agro e o empreendedorismo de uma forma geral assistirão um novo momento que beneficiará toda a economia do estado’

O ano que se aproxima trará para Pernambuco, além dos desafios naturais que serão enfrentados pela nova gestão, diversos gargalos que deverão tornar-se motivo para que o novo governo e os novos parlamentares se debrucem e possam apresentar soluções, com as quais se comprometeram durante suas campanhas.

Do ponto de vista regional, por exemplo, empreendedores criaram a expectativa de que passarão, enfim, a ser ouvidos pela gestão estadual em relação à maior apoio aos negócios que geram emprego e renda, recuperação da malha viária do estado para o escoamento da produção e o mais importante: a elaboração de uma proposta de Reforma Tributária mais justa. Dos deputados, estes mesmos empreendedores esperam uma ampla compreensão sobre a situação, além da atenção sobre esta mesma Reforma, para que se coloquem os setores produtivos pernambucanos em equivalente nível de competitividade com outros mercados.

Na opinião da deputada estadual diplomada Débora Almeida (PSDB) cujas bandeiras, além do apoio ao agro e uma visão ampla para os empreendedores de uma forma geral é de que “O início do mandato será para todos, principalmente para nós, parlamentares que iniciam a sua primeira legislatura, um período de avaliação das reais condições vivenciadas pelos setores produtivos para que, a partir daí, possam ser iniciadas tomadas de decisões em busca de soluções”.

A Governadora Raquel Lyra (PSDB) e sua vice Priscila Krause (Cidadania), tomarão posse neste domingo próximo, dia primeiro de Janeiro. Já a deputada Débora Almeida, assume o cargo no dia 1º de Fevereiro, juntamente com os demais 48 parlamentares estaduais. Os 49 deputados e deputadas cumprirão a 20ª legislatura na Assembleia Legislativa do Estado (ALEPE).

COMMENTS