Deputado Francismar sai em defesa do piso nacional para os profissionais de enfermagem

Saiba mais informações clicando no link

Radar Político (08/02) – Bancada do PSB sofrerá forte redução na ALEPE
Bastante prestigiado, Odacy Amorim toma posse no IPA
Radar Político (28/01) – Eleição na ALEPE – Ninguém quer o apoio expresso do Palácio

O deputado Francismar Pontes (PSB) declarou apoio à fixação de um piso salarial nacional para os profissionais de enfermagem, pauta que está em discussão no Congresso Nacional. Para o parlamentar, como é possível justificar que um técnico de enfermagem receba um salário inferior a R$ 1 mil e os enfermeiros cerca de R$ 2 mil, sabendo-se que, assim como outros profissionais, eles também estão na linha de frente no combate à pandemia.

“É preciso que os parlamentares e o povo façam pressão para que os senadores discutam e aprovem essa pauta que é tão importante e urgente. Os enfermeiros e técnicos vêm há anos enfrentando desigualdades salariais e jornadas exaustivas de trabalho. Precisamos ter esse reconhecimento com a categoria”, afirma Francismar.

O projeto 2564/2020, de autoria do senador Fabiano Contarato (Rede-ES) fixa o piso em R$ 7.315 para enfermeiros. As demais categorias terão o piso proporcional a esse valor: 70% (R$ 5.120) para os técnicos de enfermagem e 50% (R$3.657) para os auxiliares de enfermagem e as parteiras. Os valores são baseados numa jornada de 30 horas semanais e são válidos para União, estados, municípios, Distrito Federal e instituições de saúde privadas.

COMMENTS