Em Camaragibe, Delegada Gleide Ângelo firma parcerias em nome das mulheres

Saiba mais informações clicando no link

Dani Portela discute violência doméstica e mortalidade materna em reunião com Secretária da Mulher
Marília apresenta Projeto de Lei que dobra a pena de ameaça no contexto de violência contra a mulher
Premiações iguais para atletas homens e mulheres agora é obrigatória no Estado


Camaragibe é uma cidade onde mais da metade da população é composta por mulheres, mas esta realidade não se traduz em absoluto no ambiente político: apesar de administrada pela Dra Nadegi Queiroz, a cidade ainda não conta com representantes femininas no legislativo municipal, por exemplo. Assim, buscando uma eq
uiparação de espaços políticos em favor da implementação e efetivação de projetos públicos para as mulheres, a prefeita recebeu a Delegada Gleide Ângelo em seu gabinete. Na ocasião, também participaram da reunião as secretárias Érika Luna, de Infraestrutura; Katia Marsol, da Defesa Civil; Ceça Santos, da Coordenadora da Mulher; Ana Pires, Adjunta do Gabinete da Prefeita e Elaine Alves, Secretária Adjunta de Saúde.

Apesar de ser o oitavo município mais populoso do estado e de possuir o setor de serviços como o mais representativo na economia local, a cidade ainda apresenta um dos menores PIB/per capta da Região Metropolitana (IBGE). Desta maneira, a aliança firmada se traduz em uma oportunidade para a oferta de cursos e oficinas de capacitação para a inserção das mulheres no mercado de trabalho. “A política está nas ações para promover a melhoria na vida das pessoas. Neste momento de crise, devemos nos organizar de modo que mais pessoas estejam preparadas para a geração de renda. A situação das mulheres é ainda mais complicada porque elas sempre estiveram presas ao trabalho do lar, da família. Mas, estas mulheres também querem produzir, também querem aumentar o orçamento doméstico ou mesmo buscar a independência financeira. Compete a mulheres como nós, como eu e a prefeita, oferecermos essas possibilidades”, explica a parlamentar.

BALANÇO – Na cidade em que recebeu quase 20 mil votos na eleição de 2018, a Delegada também esteve na Rua Eliza Cabral, centro comercial do município, para entregar à população sua prestação de contas. O objetivo é apresentar o resultado de seus dois anos de trabalho no legislativo pernambucano. São 75 projetos apresentados e 35 leis aprovadas, com alcance nas áreas de habitação, saúde, economia e na criação de uma inédita rede de apoio à mulher vítima de violência doméstica. “Meu trabalho é para o povo. Por isso a prestação de contas. Eu preciso apresentar os resultados do meu trabalho. Quando você é eleito, você representa o povo e o povo quer a melhoria de sua situação. Quer políticas sociais que vão se refletir na qualidade de vida de todos. Eu assumi esse compromisso e vou prestar contas dele”, conclui.

COMMENTS