Em Jaqueira, agricultores cobram direito de permanecer em suas terras

Saiba mais informações clicando no link

Favorita em Jaqueira, Ridete Pellegrino recebe apoio de ex-prefeito Fernando Rêgo Barros
Prefeito do PT declara apoio a Sílvio Costa para o Senado
Jaqueira – Prefeito Marivaldo Andrade recebe Paulo Câmara nesta terça-feira (14)


Nesta sexta-feira (30), diversas famílias de agricultores do município de Jaqueira, na Mata Sul, que trabalhavam na antiga Usina Frei Caneca, ou que são parentes de antigos trabalhadores da empresa falida há anos, paralisaram a rodovia PE-126. O objetivo do ato foi chamar atenção do Governo de Pernambuco e pedir ajuda para a regularização da posse das terras e pleno direito de permanecer nelas, além de garantir o direito ao sustento da família.

Essa luta tem aproximadamente três anos, inclusive, ainda nesta semana moradores de áreas rurais foram surpreendidos com ataques. Alguns tiveram a casa parcialmente derrubada, enquanto outros tiveram plantações de bananas e laranjas distribuídas, por exemplo. Algumas propriedades são parte de pagamento de dívidas trabalhistas da antiga usina.

Praticamente o mesmo cenário se repetiu na manhã de hoje. Enquanto o grupo buscava apoio com a prefeita da cidade, Ridete Pellegrino, foram informados que funcionários da fazenda agropecuária Mata Sul estavam destruindo plantações do engenho Várzea Velha, sítio Pilão e Os Bolas. Em certa localidade, a informação é que tem agricultor com a perda de mais de 3 mil pés de banana. Em contato com Pedro Eurico, secretário de Justiça e Direito Humanos de Pernambuco, o grupo solicitou reforço policial.

Diante de todo o acontecimento que vem sendo registrado nas áreas rurais dessa semana, os agricultores realizaram o ato pacífico de fechar parte da rodovia estadual, colocando fogos em pneus e galhos de árvores. O movimento teve a presença do pároco da cidade e de um representante do bispo da diocese de Palmares.

Com as ações que resultaram no ato de intimidação de hoje, a Prefeitura de Jaqueira, apoiou as necessidades dos moradores que tiveram parte de suas plantações destruídas, disponibilizando órgãos de apoio para resguardar a garantia da moradia de todos. O ato foi acompanhado pela prefeita de Jaqueira, Ridete Pellegrino, todos os vereadores do município, equipe do Batalhão da Polícia Militar do 10 BPM e representantes de sindicatos.

Depois de liberar o acesso da rodovia, alguns agricultores procuraram a delegacia de polícia para registrar boletim de ocorrência.

COMMENTS