conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

MENU

Economia

Em parceria com o MDA, Iterpe apresenta linha de crédito Terra da Juventude na ExpoAgro Nordeste 2023; veja detalhes

O Programa Nacional de Crédito Fundiário tem como objetivo principal o acesso à terra, contribuindo para a redução da pobreza rural, gerando oportunidade, autonomia e fortalecimento da agricultura familiar, alicerçado na melhoria da qualidade de vida, geração de renda, segurança alimentar e sucessão no campo para agricultores familiares.

O potencial beneficiário deve ter, no mínimo, cinco anos de experiência rural nos últimos 15 anos. O programa prevê, ainda, ações de incentivo aos jovens e projetos especiais para o convívio com o semiárido e o meio ambiente. O programa conta com três linhas de crédito para atender os diferentes públicos da agricultura familiar. A linha que o trabalhador rural poderá acessar dependerá do perfil e do patrimônio familiar.

Afim de combater o êxodo rural, o PNCF tem como objetivo, fomentar e fortalecer o engajamento da juventude que estuda em escolas agrícolas ou que já estão cursando alguma graduação nas áreas de engenharia ambiental, florestal, zootecnia e afins. Para o gerente do Credito Fundiário em Pernambuco Cleodon Ricardo, o programa deverá alavancar o interesse da juventude pelo fato de que eles já poderão sair do curso direto para pôr em prática todas às técnicas em sua própria terra.

Incentivar o jovem produtor e os filhos de produtores rurais a investirem na agricultura familiar, com qualidade e inovações tecnológicas, que possam garantir a geração de renda e sua permanência no meio agrícola. Foi com essa proposta que o Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) lançou uma nova linha de crédito: o Plano Nacional de Crédito Fundiário Jovem. A novidade foi divulgada durante reunião realizada no auditório da Superintendência Federal de Agricultura.

A autonomia e a descentralização são as principais marcas do programa. As famílias são as responsáveis pela escolha da terra e negociação do preço, além da elaboração da proposta de financiamento. O PNCF possui condições diferenciadas de acordo com o valor do financiamento, e o prazo de pagamento é de até 35 anos, com 36 meses de carência. O programa apoia-se nos princípios da participação, controle social, transparência e descentralização.

Além da terra, o agricultor pode construir sua casa, preparar o solo, comprar implementos, ter acompanhamento técnico e o que mais for necessário para se desenvolver de forma independente e autônoma. O financiamento pode ser individual ou coletivo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

MUDANÇAS

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (22), mudanças nos comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. O coronel Ivanildo Cesar Torres de...

Destaque

O município de Serra Talhada foi classificado como uma das 10 cidades mais competitivas do Nordeste, segundo avaliação do Centro de Liderança Pública (CLP),...

FESTA DO MOMO

Já escutamos os sinais do Carnaval! A Prefeitura do Recife anunciou diversos serviços e novidades para o Carnaval 2024. Em coletiva realizada na manhã...

Copyright © 2014 - 2023 Blog Ponto de Vista. Todos os direitos reservados.