Especialistas farão um mutirão para atender pacientes com doenças vasculares no Cabo

O Cabo de Santo Agostinho vai receber, neste sábado (28/07), um mutirão para o diagnóstico e tratamento de doenças vasculares – Ecografia Vascular

Vereador do Recife vai disputar vaga na Câmara de Vereadores do Cabo de Santo Agostinho
Paulo Câmara reúne prefeitos das cidades litorâneas do Estado
Cabo vacina mais de 1.500 idosos com 75 anos ou mais de idade durante o final de semana

O Cabo de Santo Agostinho vai receber, neste sábado (28/07), um mutirão para o diagnóstico e tratamento de doenças vasculares – Ecografia Vascular (ultrassom), no Hospital Mendo Sampaio, a partir das 7h.  A ação será realizada por especialistas que participação do VIII Congresso Brasileiro de Ecografia Vascular que acontecerá nos dias 05 a 08 de setembro, no Hotel Sheraton na Reserva do Paiva.

O município possui cerca de 200 pacientes que estão à espera do exame. O atendimento será aberto à pacientes que estão sendo acompanhados pela rede pública de saúde e com queixas recentes. A equipe médica que participará das avaliações no Mendo Sampaio é composta por 10 especialistas de vários estados, acompanhados por profissionais da saúde municipal (técnicos, enfermeiros e agentes de saúde). Para realização dos exames serão usados 4 equipamentos de última geração, que farão o diagnóstico dos pacientes. Os atendimentos acontecerão pela manhã e à tarde.

A análise de casos será parte da programação científica do VII Congresso Brasileiro de Ecografia Vascular, no qual os profissionais apresentarão inovações na área e irão executar os procedimentos estudados em pacientes diagnosticados previamente, propondo soluções terapêuticas aos que forem selecionados.

Para o Secretário Municipal de Saúde, José Carlos de Lima, essa ação permitirá o acesso de todos os pacientes que necessitem do atendimento.  “Para nós é uma oportunidade grandiosa de ofertar à população um serviço de qualidade e inovador. Essas pessoas terão não só os diagnósticos, como o tratamento adequado”, ressaltou José Carlos.

Os casos menos evasivos, serão encaminhados para imediato atendimento durante o período do Congresso. E para os mais graves serão realizados procedimento cirúrgico aqui no município. “Nossa meta é zerar a espera dos pacientes”, finalizou o secretário de Saúde.

COMMENTS