Evento entrega certificação em cursos de qualificação profissional a 400 jovens

Evento entrega certificação em cursos de qualificação profissional a 400 jovens

O programa juventude presente realiza a certificação de conclusão de curso para 400 adolescentes e jovens pernambucanos. Eles foram beneficiados com

Pessoas com deficiência terão prioridade em agendamentos de consultas e exames
Geraldo entrega Compaz Dom Hélder Câmara , a quarta fábrica de cidadania do Recife
Camaragibe: Cidadania reforça apoio a Nadegi Queiroz e lança chapa competitiva ao legislativo municipal


O programa juventude presente realiza a certificação de conclusão de curso para 400 adolescentes e jovens pernambucanos. Eles foram beneficiados com uma das 30 mil vagas em curso de qualificação profissional que o programa ofereceu. As certificações acontecem desde o primeiro semestre e, nesta quinta-feira (dia 24), será um evento especial por reunir centenas de alunos.

O secretário de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, Cloves Benevides, classifica a oferta de vagas gratuitas em cursos de qualificação profissional como uma estratégia de prevenção à violência, por fortalecer vínculos e aumentar oportunidades. “É o próprio jovem que busca construir os recursos necessários para enfrentar suas dificuldades e encontrar caminhos que o façam ter condição produtiva, vínculos familiares sólidos e resistir aos agenciamentos que o fenômeno da violência oferece”, comenta.

O evento vai tomar o Cais do Sertão, no bairro do Recife. São adolescentes e jovens, com idade entre 15 e 29 anos, que foram qualificados nos cursos de vendas, atendimento em turismo, informática, assistente administrativo, farmácia, barbearia, design de sobrancelhas, refrigeração e manutenção de motos, para citar os mais procurados.

Os cursos são de curta duração e baixa exigência, para permitir maior participação da juventude. A articulação foi feita pela Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, depois de identificada a necessidade dos jovens. Eles buscavam por uma formação com utilização prática.

A linha de qualificação profissional do Programa Juventude Presente foi lançada em maio com a oferta de 30 mil vagas, totalmente gratuitas, em empresas com conhecimento no setor, como a Prepara Cursos, Instituto Embelleze, Grau Técnico, Microlins, Nível A, Max Cabeleleiros e Cebrac. Mais de 12 mil jovens já se inscreveram.

Os interessados em participar dos cursos podem se inscrever diariamente, das 8h às 12h e das 13h às 16h, nas Estações Regionais em Santo Amaro, Cajueiro, Afogados e Ibura, no Recife; Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes; no Paulista, em Caruaru e em Petrolina. Nos sábados, das 8h ao meio dia, as inscrições ocorrem durante as Ações de Cidadania realizadas nos diversos bairros e municípios atendidos pelo Programa Governo Presente.

Para se inscrever, os interessados precisam apresentar os números do RG e do CPF, além de comprovante de residência. Apesar de a prioridade ser para os jovens de 15 a 29 anos, que residam nas áreas de atuação do Programa Governo Presente, moradores de outros territórios também podem se participar.

 

Secretário participa da sanção de projeto de lei que regulamenta comunidades terapêuticas

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e o secretário de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, Cloves Benevides, participam, nesta quinta-feira (dia 24), da cerimônia par a sanção do projeto de lei 1940, que regulamenta as comunidades terapêuticas no Estado. A cerimônia ocorre no Cais do Sertão, às 10h, e contará com representantes das comunidades terapêuticas e beneficiados do modelo de cuidados a usuários de álcool e outras drogas.

O secretário Cloves Benevides elogiou a decisão do governador Paulo Câmara em sancionar o projeto de lei, aprovado pela Assembleia Legislativa em duas discussões. O debate entre os deputados aprimorou a proposta e gerou o consenso. “A regulamentação das comunidades terapêuticas vai ampliar a política de cuidados e acolhimento, que é necessária à política sobre drogas do Estado”, disse.

O projeto de lei 1940 é de autoria do deputado estadual Pastor Cleiton Collins e prevê instrumentos para que órgãos de fiscalização do Estado exerçam o poder para aperfeiçoar o setor e valorizar as boas práticas. O serviço oferecido pelas comunidades terapêuticas no Brasil tem um histórico de cinco décadas e, até então, não era regulamentado no Estado.

A Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas vai também dialogar com essa corrente de atenção e acolhimento aos usuários de álcool e outras drogas. Desde que foi criada, a secretaria é responsável pelo Programa Atitude. O Atitude existe, há oito anos, e registra um histórico crescente em número de atendimentos e acolhimento aos usuários, em uma política específica de cuidados.

COMMENTS