Família Martins rompe com Frente Popular e declara apoio a Armando

Família Martins rompe com Frente Popular e declara apoio a Armando

Um dos mais importantes grupos políticos do Estado, com representatividade nas regiões Agreste e Sertão, declarou apoio à candidatura do senador A

Águas Belas – Ex-prefeito é condenado por improbidade administrativa
Enquanto eleição no Recife pega fogo, deputados do PT concentram esforços na eleição em Sindicato de Trabalhadores Rurais em município do Agreste
Rodrigo Novaes se reúne com lideranças de Carnaubeira, Águas Belas e Solidão

Um dos mais importantes grupos políticos do Estado, com representatividade nas regiões Agreste e Sertão, declarou apoio à candidatura do senador Armando Monteiro (PTB) ao governo, na noite deste sábado 18. Em concorrido ato político realizado em Águas Belas, no Agreste Meridional, a família Martins se incorporou à onda de mudança que está tomando conta de Pernambuco, rompendo de vez com a Frente Popular e o governador Paulo Câmara (PSB).

No ato, o grupo foi representado pelo ex-prefeito Numeriano Martins (PP), que teceu críticas ao governo do PSB e reconheceu em Armando o “comandante da mudança”. “Águas Belas é a cidade mais abandonada do Estado. Vamos retirar do Palácio das Princesas os que não pensam nos nossos filhos”, afirmou Numeriano, ao lado dos ex-prefeitos de Manari, Otaviano Martins, e de Itaíba, Claudiano Martins, ambos do PP, além do deputado estadual Claudiano Martins Filho (PP) e do ex-prefeito de Inajá, Leonardo Martins (PROS). Também estiveram presentes no evento os ex-prefeitos Hildebrando Albuquerque (Águas Belas) e Braz Silva e Marivaldo Bispo (Itaíba) e o presidente da Câmara de Vereadores do.município, Melque Bezerra (PRB).

“Armando é nosso amigo e irmão. Precisamos eleger a chapa de cabo a rabo”, destacou Numeriano, referindo-se aos candidatos a senador da coligação Pernambuco Vai Mudar, Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM).

Coube a Armando o agradecimento pelo apoio. “Não posso deixar de sentir essa acolhida calorosa. Ainda mais com tantas lideranças expressivas do município e da região”, ressaltou o candidato em sua fala, na qual reforçou as críticas ao palanque adversário, em especial nas áreas de saúde, segurança e infraestrutura. “Esse governo só é bom em cobrar imposto dos pequenos. E o dinheiro vai para onde, se os hospitais estão abarrotados, estradas como a PE-270 em situação deplorável e o Estado é campeão de todos os campeonatos de crimes violentos?”, questionou.

Armando ainda aproveitou para alfinetar os candidatos a senador da Frente Popular, Humberto Costa (PT) e Jarbas Vasconcelos (MDB). “É uma chapa estranha. Cobra e jacaré. Nos palanques, ficam de costas um pro outro. No passado, disseram horrores um do outro. Eleição para o Senado não é prêmio para fim de carreira política. Aqui temos harmonia”, enfatizou. “Estamos sentindo o vento da mudança. Águas Belas terá um parceiro no governo.”

COMMENTS