Felipe Carreras defende corte no salário de políticos, promotores de Justiça e juízes

Parlamentar afirmou que todos têm que dar a sua cota de contribuição em meio a crise gerada pelo coronavírus

Deputada Roberta Arraes solicita que conselheiros tutelares e agentes de saúde entrem no grupo prioritário da vacinação
Jaqueira recebe seringas que serão utilizadas em campanha de imunização do COVID 19
Pernambuco registra mais 266 pacientes com coronavírus (Covid-19) e mais 11 mortes neste domingo

Diante da crise na saúde e econômica causada pelo novo coronavírus (COVID 19) , o deputado federal Felipe Carreras (PSB) utilizou as suas redes sociais para defender que deputados federais e estaduais, governadores, prefeitos, vereadores, promotores de justiça, juízes e desembargadores, dessem a sua cota de contribuição com corte nos seus salários. A sugestão do parlamentar vem justamente no momento em que uma grande parcela dos trabalhadores está sendo prejudicada com o fechamento de comércios e serviços.

“Defendo cortes de salários dos deputados federais e de todo legislativo brasileiro (deputados estaduais e vereadores). O mesmo no poder Executivo, Ministério Público e Judiciário. Todos têm que dar a sua cota de colaboração. Não pode só uma parcela do povo pagar essa conta”, escreveu.

Em outra mensagem Carreras defendeu veemente a classe trabalhadora depois que o presidente havia anunciado a Medida Provisória 927 que previa a suspensão de 4 meses de salário do trabalhador durante a pandemia do coronavírus. Depois de várias críticas Jair Bolsonaro acabou voltando atrás e revogou o artigo 18.

“Essa pandemia vai gerar impactos sem precedentes. A prioridade é saúde, mas o impacto econômico será devastador. Não podemos deixar trabalhadores sem garantia de rendimentos. Sou empresário, mas também sou humano. Temos que buscar uma saída com o governo federal, estados e municípios”, disse Carreras.

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS