conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

MENU

ALIMENTAÇÃO

Governo Raquel Lyra alcança 4,5 milhões de refeições distribuídas em cozinhas comunitárias

Foto: Miva Filho

Nos primeiros quinze meses da gestão de Raquel Lyra, houve um aumento significativo no número de cozinhas comunitárias em todo o Estado de Pernambuco, mais que dobrando em quantidade. Esse aumento resultou na impressionante marca de 4,5 milhões de refeições servidas a famílias em situação de vulnerabilidade social em todo o território pernambucano.

Em 2023, foram distribuídas 3,1 milhões de refeições através desses equipamentos, e nos primeiros cem dias de 2024, foram servidas 1,4 milhão de refeições adicionais. Ao iniciar sua gestão, a governadora encontrou 55 cozinhas comunitárias em funcionamento. No entanto, esse número foi ampliado para 113 unidades abertas.

“Desde o início da gestão, temos trabalhado com muita proximidade aos municípios para que as políticas públicas cheguem na ponta e o combate à forme é algo emergencial, absolutamente prioritário. As cozinhas comunitárias são um bom exemplo dessa parceria. O Governo do Estado tem cofinanciado a abertura de cozinhas em todas as regiões, auxiliando as prefeituras no trabalho essencial de garantir segurança alimentar e nutricional a quem mais precisa. Duplicamos a rede e este ano vamos chegar a mais de 200 cozinhas abertas”, afirmou a governadora Raquel Lyra.

O Bom Prato, um dos módulos do programa Pernambuco Sem Fome, inclui o cofinanciamento para instalação e manutenção das cozinhas comunitárias, juntamente com os programas Mães de Pernambuco e Programa Estadual de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PEAAF). Com um orçamento recorde de R$ 469,5 milhões este ano, o programa está obtendo sucesso no combate à fome, graças à colaboração entre o Governo do Estado e as prefeituras, que têm garantido um efetivo apoio técnico e monitoramento dos resultados.

Para este ano, o Governo do Estado e os municípios firmaram um acordo de cofinanciamento de R$ 39,2 milhões para as cozinhas comunitárias, representando um aumento significativo em relação aos anos anteriores. Este investimento possibilita a instalação de novas unidades e o custeio das existentes, sendo que cada cozinha tem capacidade para servir 200 refeições diárias, de segunda a sexta-feira. Essas ações são fundamentais para enfrentar a fome em Pernambuco, especialmente diante do cenário em que mais de cinco milhões de pessoas no estado enfrentam algum nível de insegurança alimentar e nutricional.

Leticia Lima

Jornalista diplomada pela Uninassau

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pleno Humanizar
Banner Santa Cruz do Capibaribe

Você também pode gostar

OPORTUNIDADE

O prefeito Mano Medeiros anunciou hoje (26), um concurso público para diversos cargos públicos no Jaboatão dos Guararapes, oferecendo um total de 1.582 vagas....

ELEIÇÕES 2024

O Blog Ponto de Vista, em parceria com o Instituto França de Pesquisas (IFP), divulgará neste domingo pesquisa sobre a corrida eleitoral em Caruaru....

Recife

Aumentou o número de opções entre os auxiliares do prefeito João Campos que entraram no radar como alternativas para ser seu companheiro de chapa...

MUDANÇAS

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (22), mudanças nos comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. O coronel Ivanildo Cesar Torres de...

Copyright © 2014 - 2023 Blog Ponto de Vista. Todos os direitos reservados.