“Gravatá está precisando de fato de um prefeito”, afirma Waldermar Borges ao avaliar administração de Joaquim Neto

“Gravatá está precisando de fato de um prefeito”, afirma Waldermar Borges ao avaliar administração de Joaquim Neto

Em recente entrevista ao programa Cidade em Foco, o deputado estadual, Waldemar Borges (PSB), que tem tido o seu nome cotado para disputar o coman

Rede Pernambuco de Rádios chega ao município de Gravatá através da FM 106,7
Convidado por Joaquim Neto, prefeito de Gravatá, o vereador André Régis ministra curso de formação e desenvolvimento
RADAR POLÍTICO (15/01) – João Campos estende a mão a artistas e profissionais de eventos e assegura R$ 10 milhões de incentivos

Em recente entrevista ao programa Cidade em Foco, o deputado estadual, Waldemar Borges (PSB), que tem tido o seu nome cotado para disputar o comando da prefeitura de Gravatá, falou sobre as conjunturas politicas na cidade e bateu forte contra o governo do prefeito Joaquim Neto (PSDB).

Durante a entrevista, o deputado chegou a afirma que a gestão de Joaquim Neto não existe. “É uma gestão absolutamente, que já está chegando na sua reta final, e ainda não disse para o que veio. Mesmo as funções mais elementares de uma Prefeitura, que é tapar buracos e limpar a cidade, estão sendo feitas de forma muito precária”, lamentou o deputado.

O deputado seguiu a entrevista afirmando que Gravatá tem potencial e que falta um bom gestor para administra-la. “Gravatá está precisando de fato de um prefeito, de um gestor, alguém que tenha uma visão avançada e que faça uma gestão a altura da cidade. Gravatá tem um potencial enorme e não pode está apequenada desta maneira”, declarou.

Integrante do grupo de oposição na cidade, o deputado Waldemar Borges afirmou que o grupo tem se articulado para definir um nome que traga unidade e que possa tirar a cidade do atraso. “A oposição está se preparando para oferecer um nome, no momento oportuno. Um nome que possa significar a maior unidade possível, para que a gente possa tirar esse atraso, esse tempo perdido”, disse.

Questionado se seria ele o nome ideal para assumir esse projeto, o deputado afirmou que existem na cidade muitos nomes com potencial e que não necessariamente será o dele. “Não tem que necessariamente ser o meu (nome), embora eu não vá de forma nenhuma deixar de participar do processo eleitoral pelo amor que eu tenho a cidade e pelo potencial que eu vejo nessa cidade”, declarou.

Se ligue – O programa “Cidade em Foco” vai ao ar de segunda a sexta-feira: 11:00 hs, na Rede Agreste de Rádios, composta pelas Emissoras: Rádio Filadélfia FM (104,9), Farol FM (90,5), Rádio Vale FM (91.7), Rádio Cambucá FM e pela Internet: www.filadelfiafm.net

COMMENTS