conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

MENU

JUSTIÇA

HOMICÍDIOS NA IPUTINGA: Judiciário acolhe pedido do MPPE e determina prisão preventiva de seis PMs

HOMICÍDIOS NA IPUTINGA: Judiciário acolhe pedido do MPPE e determina prisão preventiva de seis PMs

Em audiência de custódia realizada hoje (22), o Judiciário acolheu o pedido do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e converteu em prisão preventiva a prisão em flagrante de seis policiais militares envolvidos na morte de dois homens no bairro da Iputinga, no Recife. Para os outros três policiais detidos, foi requisitada a liberdade provisória com adoção de medidas cautelares, o que também foi acolhido pelo Juízo. Os seis que tiveram a prisão preventiva decretada foram os que entraram na residência das vítimas, enquanto que os que não permaneceram presos foram os que ficaram à distância, mas continuam sendo investigados, assim como os demais.

O MPPE ressalta que, desde o primeiro momento, está acompanhando as diligências investigatórias iniciais, colhendo e repassando ao delegado responsável pelo inquérito todas as informações relevantes a que teve acesso, a fim de contribuir com o andamento da investigação pela Polícia Civil.

O MPPE, através do GACE Controle Externo, continua acompanhando de perto as investigações desenvolvidas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, para total elucidação quanto à morte dos dois civis.

HISTÓRICO DE PROVIDÊNCIAS DO MPPE

20/11 – MPPE foi acionado pelo Gajop. A entidade trouxe as informações iniciais sobre a ocorrência da morte de dois homens decorrente de ação policial na comunidade do Detran, na Iputinga. De imediato o MPPE acionou o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e informou que o Grupo de Atuação Conjunta Especializada (GACE) de Controle Externo da Atividade Policial do MPPE iria acompanhar as investigações.
20/11 – Dentre as diligências requisitadas pelo MPPE ao DHPP estão perícias e a visita imediata ao local. Uma equipe de plantão do DHPP foi destacada e concluiu o trabalho na cena do crime ainda na madrugada da terça (21).

21/11 – Na manhã da terça o CAO Controle Externo entrou em contato com a Corregedoria da SDS, que confirmou ter a identificação dos policiais militares envolvidos nas mortes.
21/11 – Tendo notícia da lavratura e auto de prisão em flagrante por parte da Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM), quanto aos crimes militares em tese praticados, o CAO Controle Externo solicitou o imediato envio do auto, para subsidiar o trabalho do Promotor de Justiça que atuou na audiência de custódia realizada nesta quarta-feira (22).

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

MUDANÇAS

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (22), mudanças nos comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. O coronel Ivanildo Cesar Torres de...

Destaque

O município de Serra Talhada foi classificado como uma das 10 cidades mais competitivas do Nordeste, segundo avaliação do Centro de Liderança Pública (CLP),...

MUDANÇA

A governadora Raquel Lyra (PSDB) decidiu por realizar uma mudança no comando do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). Joaquim Neto, que estava à frente...

Copyright © 2014 - 2023 Blog Ponto de Vista. Todos os direitos reservados.