conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

MENU

Agricultura

IPA e Banco do Brasil firmam convênio para dar ao homem do campo acesso ao crédito rural

Saiba mais informações clicando no link

Joaquim Neto IPA
O Banco do Brasil e o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) retomaram a parceria para dar ao homem do campo acesso ao crédito rural, uma ação que impulsionará a produção agrícola familiar em todo o estado. O convênio foi firmado durante uma reunião do presidente do IPA, Joaquim Neto, com o diretor geral do Banco do Brasil, Edilberto Passos. Também participaram do encontro o diretor de Extensão Rural do IPA, Francisco Dantas, o prefeito de Águas Belas, Luiz Aroldo, e o gerente de Mercado do Banco do Brasil, Milton Junior.

De acordo Milton Junior, parcerias entre o Banco do Brasil e instituições de assistência de técnica ligadas aos governos estaduais, a exemplo do IPA, acontecem em todo o país. “São instituições que abraçam a causa da assistência técnica, da extensão rural e realmente estão do lado do produtor”, observou.

Ele frisou, ainda, que o crédito e o investimento no campo aumentam a produção, o faturamento e a qualidade de vida dos produtores. “Além disso, permite ao estado desenvolver um pilar forte da economia, que é a produção agrícola e pecuária”, ressaltou.

Ao comentar o convênio com o Banco do Brasil, o presidente do IPA, Joaquim Neto, ressaltou a importância de ter uma instituição financeira que possa orientar os produtores, principalmente da agricultura familiar, no processo que envolve o crédito rural.

O grande produtor já têm suas garantias, seus técnicos. Então, tudo é mais fácil. Mas, o pequeno agricultor, aquele invisível que está nos quatros cantos do estado, como diz a nossa governadora Raquel Lyra, precisa que essa mão amiga chegue perto para levar assistência, a pesquisa e o crédito rural como grande fomentador para aumentar a produtividade e combater a fome do nosso estado”, disse Joaquim Neto.

O diretor de Extensão Rural, Francisco Dantas, destacou que o convênio com Banco do Brasil, irá fortalecer as atividades agrícolas e as estratégias de produção, que irão colocar na mesa dos pernambucanos alimento saudável e de boa qualidade.

Essa é uma parceria que sempre deu certo. E agora, mais ainda, com estratégia de acompanhar, programar e planejar. Isso resultará em uma economia, uma agricultura e um governo participativo forte. Teremos um desenvolvimento sustentável, pensando nas pessoas do campo e da cidade. Essa conexão, entre campo e cidade, é uma estratégia que não podemos esquecer”, pontuou.

Na avaliação do prefeito Luiz Aroldo, trazer o Banco do Brasil e o IPA para essa ação no campo, principalmente para o agricultor familiar, que precisa de assistência técnica e acesso ao crédito, é de grande importância.

Enquanto prefeitos e prefeitas, realizamos as feiras da agricultura familiar, mas precisamos trazer o agricultor familiar para o grande comércio, para as centrais de comercialização, a exemplo do Ceasa. Então, trazer o crédito é fundamental para essa ação acontecer”, frisou, acrescentando que “ver o IPA renascer nesse momento, junto com o governo do presidente Lula, da governadora Raquel Lyra e Joaquim Neto com toda sua equipe, é um momento fundamental para nós”, observou o prefeito.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

MUDANÇAS

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (22), mudanças nos comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. O coronel Ivanildo Cesar Torres de...

Destaque

O município de Serra Talhada foi classificado como uma das 10 cidades mais competitivas do Nordeste, segundo avaliação do Centro de Liderança Pública (CLP),...

FESTA DO MOMO

Já escutamos os sinais do Carnaval! A Prefeitura do Recife anunciou diversos serviços e novidades para o Carnaval 2024. Em coletiva realizada na manhã...

Copyright © 2014 - 2023 Blog Ponto de Vista. Todos os direitos reservados.