José Queiroz repercute atuação da CPI da Pandemia

RESPONSABILIDADE – “Não podemos continuar com um presidente que insiste em agredir a inteligência nacional e desafiar a ciência.”

João Campos vai criar a CPI do Vazamento de Óleo
CPI do Vazamento do Óleo é protocolada na Câmara dos Deputados
Câmara de Olinda instala CPI para apurar irregularidades em eleição do Conselho Tutelar

RESPONSABILIDADE – “Não podemos continuar com um presidente que insiste em agredir a inteligência nacional e desafiar a ciência.” Foto: Nando Chiappetta

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada pelo Senado para investigar ações e omissões do Governo Federal no combate à pandemia ganhou repercussão na Reunião Plenária desta quinta (6). Com base nos primeiros depoimentos colhidos, o deputado José Queiroz (PDT) voltou a culpabilizar o presidente Jair Bolsonaro pelo elevado número de mortes decorrentes da doença no Brasil.

“Não podemos continuar com um governante que insiste em agredir a inteligência nacional e desafiar a ciência. Agora, ele ameaça baixar um decreto para liberar todas as atividades no País”, criticou o parlamentar, lamentando as mais de 414 mil vidas perdidas. “O que nos resta é reagir, nos indignar e procurar caminhos para esclarecer tantas mortes.”

Queiroz censurou, por fim, declarações recentes de Jair Bolsonaro sugerindo que o vírus da Covid-19 possa ter sido criado pelo governo chinês. “Nossa indignação aumenta porque, na tentativa de desviar o foco da CPI, o presidente cria novos incidentes diplomáticos ao falar de uma suposta guerra bacteriológica”, queixou-se.

COMMENTS