conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

MENU

Governo Federal

Luciana Santos participa de evento científico e discute cooperação com ministra de Portugal

Saiba detalhes no link

Foto: Divulgação/Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

por Letícia Lima

A ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, participou do XXI B-MRS Meeting, encontro internacional da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais. No evento, ela defendeu a importância das áreas de materiais avançados e nanotecnologia para o desenvolvimento do país e avaliou que desafios globais só serão enfrentados com cooperação internacional em ciência, tecnologia e inovação.

“Os materiais avançados e a nanotecnologia – áreas disruptivas e portadoras de futuro – são fundamentais para a consolidação do ecossistema de inovação, para a capacitação de recursos humanos e a maior interação entre academia e indústria”, disse a ministra, destacando que, há mais de duas décadas, o Brasil desenvolve iniciativas relacionados a esse tema.

Como exemplo, ela citou a Iniciativa Brasileira de Nanotecnologia que tem o objetivo de integrar e fortalecer as ações governamentais para promover a inovação na indústria brasileira. “No âmbito desse programa guarda-chuva, os investimentos públicos no Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias alcançaram R$ 98 milhões nos últimos dez anos, e estamos trabalhando para viabilizar um terceiro ciclo de investimentos”, antecipou.

Ao lado da ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, Elvira Fortunato, Luciana Santos lembrou as áreas de materiais avançados e nanotecnologia fazem parte da cooperação científica com Portugal. E defendeu uma atuação conjunta entre países para solucionar problemas comuns.

“Vivemos uma conjuntura internacional marcada pelo enfrentamento a problemas globais, como eventos climáticos extremos, escassez hídrica, elevação do nível dos oceanos, emergências em saúde e insegurança alimentar. Esses desafios não reconhecem fronteiras e só serão solucionados com a cooperação internacional em ciência, tecnologia e inovação”, afirmou.

Já a ministra Elvira Fortunato ressaltou que Brasil e Portugal estão aprofundando os laços de colaboração institucional e de amizade que mantêm há muitos anos e têm contribuído para a ciência e o ensino superior em ambas as nações.

“A parceria entre Portugal e Brasil é pautada por uma colaboração crescente. Temos em curso vários projetos em diversas áreas, como física, tecnologias quânticas, biomedicina, espaço, cultura científica, entre outras”, disse.

“Estes laços podem e devem ser reforçados. Em Portugal, tal como no Brasil, acreditamos que o desenvolvimento da ciência se faz para além dos muros e portão de instituições acadêmicas. É possível e desejável estabelecer relações de trabalho conjunto entre ensino superior, ciência, indústria e empresas. A área de materiais é um exemplo de como essas parcerias podem ser bastante profícuas”, concluiu.

Logo após o encontro internacional, as ministras do Brasil e de Portugal realizaram reunião bilateral para discutir ações já em curso, em áreas como nanotecnologia, saúde, espaço e popularização da ciência.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

MUDANÇAS

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (22), mudanças nos comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. O coronel Ivanildo Cesar Torres de...

Destaque

O município de Serra Talhada foi classificado como uma das 10 cidades mais competitivas do Nordeste, segundo avaliação do Centro de Liderança Pública (CLP),...

FESTA DO MOMO

Já escutamos os sinais do Carnaval! A Prefeitura do Recife anunciou diversos serviços e novidades para o Carnaval 2024. Em coletiva realizada na manhã...

Copyright © 2014 - 2023 Blog Ponto de Vista. Todos os direitos reservados.