Nova Comissão Executiva da Câmara do Recife toma posse

A nova Comissão Executiva da Câmara Municipal do Recife, para o biênio 2023-2024, tomou posse na manhã desta segunda-feira (2), na Sala das Comiss

Câmara de Vereadores do Recife Romerinho Jatobá Eriberto Rafael

A nova Comissão Executiva da Câmara Municipal do Recife, para o biênio 2023-2024, tomou posse na manhã desta segunda-feira (2), na Sala das Comissões. O presidente do Poder Legislativo, vereador Romerinho Jatobá (PSB), e o primeiro-secretário, vereador Eriberto Rafael (PP), foram reconduzidos aos cargos que concedem-lhes, respectivamente, a liderança política e administrativa da Casa. A posse da Executiva é realizada no primeiro dia útil de janeiro, de acordo com o parágrafo 1º, do artigo 39, do Regimento Interno da instituição.

Romerinho Jatobá afirmou que os trabalhos da Casa de José Mariano para o atual biênio darão continuidade às medidas que vêm sendo tomadas anteriormente, a exemplo da transparência nos trabalhos, aproximação com a sociedade e diálogo com todas as vereadoras e vereadores do Recife. “Desde o início, nós temos essa premissa, fazendo com que cada um, de fato, possa representar àqueles que os escolheram e também aproximar o trabalho da Câmara com a sociedade. Aqui, nós temos 39 vereadoras e vereadores que trabalham muito para a cidade”.

A modernização dos processos administrativos internos, a abertura da Câmara para jovens aprendizes, além de outras ações da Comissão Executiva foram também destacadas por Romerinho Jatobá. “Pela primeira vez, estamos dando oportunidade de jovens trabalharem aqui e terem a sua primeira experiência profissional. Isso mostra nosso envolvimento com a juventude. Criamos a Procuradoria da Mulher e a Comissão de Igualdade Racial e Enfrentamento ao Racismo”, ressaltou. Sob a sua gestão, além de iniciativas como a coleta seletiva de resíduos no prédio-sede e nos anexos, foram criadas diversas frentes parlamentares para discutir assuntos específicos da cidade, como a Frente pelo Centro do Recife; pela Renda Básica; pelo Clima; pela Educação Pública de Qualidade; pela Primeira Infância, dentre outras.

Ele também destacou a economicidade na gestão dos recursos públicos. “Estamos melhorando a administração, dando continuidade à eficácia nos gastos públicos para, quem sabe, a Câmara fazer novos gestos, como já aconteceu nos repasses ao Executivo para investimentos em nossa cidade”. Em 2021, a Câmara do Recife repassou R$ 30 milhões para a Prefeitura investir em obras de infraestrutura em bairros e comunidades e, no ano passado, foram destinados R$ 15 milhões para às famílias vítimas das chuvas que atingiram o município. Parte destes recursos foram oriundos da economia nos custeios e de um fundo especial, criado em 2012, para a aquisição de uma nova sede para o Legislativo.

O primeiro-secretário, Eriberto Rafael, compartilhou da opinião, citando exemplos práticos de inovação da Casa de José Mariano. “Conseguimos informatizar os processos na Câmara porque precisamos dar mais agilidade, ter menos burocracia e mais transparência. Acabamos com quase todo o consumo de papel diante da informatização dos processos. Pretendemos zerar o consumo”. Ele destacou, ainda, que junto à economia veio maior agilidade, desde a elaboração à coleta de assinaturas dos mais diversos documentos, o que resulta em maior celeridade e retorno à população.

A Comissão Executiva que tomou posse nesta segunda-feira será responsável pela condução política e administrativa da Câmara Municipal do Recife nos próximos dois anos. O colegiado foi eleito em 17 de agosto de 2022, em votação nominal no plenário.

Presidente – Romerinho Jatobá (PSB)

1º vice-presidente – Hélio Guabiraba (PSB)

2º vice-presidente – Ana Lúcia (Republicanos)

3º vice-presidente – Felipe Alecrim (PSC)

1º secretário – Eriberto Rafael (PP)

2º secretário – Felipe Francismar (PSB)

3º secretário – Zé Neto (Pros)

1º suplente – Almir Fernando (PCdoB)

2º suplente – Osmar Ricardo (PT)

COMMENTS