conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

MENU

PREVENÇÃO

Olinda e UFPE escolhem Comitê Gestor para redução de riscos de desastres

A Prefeitura de Olinda e a Universidade Federal de Pernambuco realizaram uma reunião nesta sexta-feira (22) para estabelecer o Comitê Gestor destinado à redução de riscos no município. A cidade foi selecionada pelo Ministério das Cidades, em Brasília, para participar de um projeto de 18 meses voltado ao planejamento urbano contra desastres, incluindo a capacitação de profissionais na área de mitigação de riscos.

Durante o encontro, foi delineado o Comitê Gestor para essa parceria, composto pela Defesa Civil, secretarias, líderes comunitários, diretores de escolas públicas, líderes religiosos e agentes comunitários de saúde. Destaca-se a participação inédita do prefeito Professor Lupércio, diferenciando Olinda de outros municípios envolvidos no projeto.

O prefeito Lupércio expressou seu apoio ao projeto, reconhecendo sua importância para Olinda, uma vez que metade da cidade é constituída por morros. Fabrizio Rosito Listo, do Departamento de Ciências Geográficas da UFPE e coordenador do trabalho, informou que cidades do Sul, Sudeste, Norte e outras regiões do Nordeste participarão da iniciativa, sendo Olinda e Jaboatão dos Guararapes as representantes pernambucanas.

Destaca-se que o plano terá início em 20 de fevereiro de 2024, com término previsto para agosto de 2025, e será totalmente financiado pela Secretaria Nacional de Periferias, por meio do Departamento de Mitigação e Prevenção de Risco do Ministério das Cidades.

O projeto estabeleceu parcerias com universidades públicas e especialistas do Brasil, visando gerar evidências científicas e um referencial teórico para a avaliação, revisão e aprimoramento das políticas públicas de gestão de riscos de desastres.

O foco dos mapeamentos inclui assentamentos urbanos precários, abrangendo deslizamentos, encostas e inundações em planícies. Inspirado no trabalho realizado em Bogotá, na Colômbia, o projeto visa transformar os morros em quadras e jardins sustentáveis, além da aplicação de muros de arrimo e contenção, beneficiando os 146 setores de risco em Olinda.

O secretário de Defesa Civil de Olinda, Cel. Valdy Oliveira, ressaltou as ações pioneiras do município, como o mapeamento de áreas de encostas e iniciativas de conscientização. O Comitê Gestor, dentre outras responsabilidades, facilitará a entrada das equipes de campo com segurança, auxiliará nas convocatórias de oficinas participativas e fornecerá apoio logístico para os trabalhos de campo e espaços destinados a oficinas. Um novo encontro entre a UFPE e a Prefeitura de Olinda foi agendado para 29 de janeiro.

Leticia Lima

Jornalista diplomada pela Uninassau

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

OPORTUNIDADE

O prefeito Mano Medeiros anunciou hoje (26), um concurso público para diversos cargos públicos no Jaboatão dos Guararapes, oferecendo um total de 1.582 vagas....

ELEIÇÕES 2024

O Blog Ponto de Vista, em parceria com o Instituto França de Pesquisas (IFP), divulgará neste domingo pesquisa sobre a corrida eleitoral em Caruaru....

Recife

Aumentou o número de opções entre os auxiliares do prefeito João Campos que entraram no radar como alternativas para ser seu companheiro de chapa...

MUDANÇAS

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (22), mudanças nos comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. O coronel Ivanildo Cesar Torres de...

Copyright © 2014 - 2023 Blog Ponto de Vista. Todos os direitos reservados.