conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

MENU

Paudalho

Paudalho realiza o I Seminário do Serviço do Família Acolhedora

Saiba mais informações clicando no link

Paudalho realiza o I Seminário do Serviço do Família Acolhedora
Pioneira no estado de Pernambuco na implantação do Serviço, a Prefeitura do Paudalho, através da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, está realizando nesta quarta-feira (13), das 8h às 13h, na sede da Academia de Polícia Militar do Paudalho, o I Seminário do Serviço do Família Acolhedora. 

O I Seminário tem como objetivo debater o acolhimento familiar e discutir sobre o papel do sistema judiciário, da rede socioassistencial municipal e da sociedade como um todo no desenvolvimento do Serviço. A programação conta com duas palestras, com os seguintes temas: “Acolhimento em Família Acolhedora: Histórico, Benefícios, Avanços e Desafios na Sua Implementação” e “Sistema de Justiça: Desafios na Implantação e Operacionalização do Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora”, além de diversos convidados especializados no serviço de alta complexidade da Assistência Social.

Paudalho foi o primeiro município de Pernambuco a implantar o Serviço do Família Acolhedora na rede socioassistencial, sendo referência no Serviço no estado; além de ser um dos primeiros municípios da Mata Norte de Pernambuco a promover um seminário focado estritamente no processo de implantação, desenvolvimento, benefícios e desafios do Serviço do Família Acolhedora.

CONHECENDO O SERVIÇO

Com o lema “A tempestade passa. A vida continua!”, o Serviço do Família Acolhedora é um serviço nacional que tem como objetivo acolher crianças e adolescentes que tiveram o seu direito violado e, por ordem judicial, precisaram ser afastadas de sua família de origem. Com o Serviço, a criança ou adolescente será acolhido e protegido junto a uma família acolhedora que terá a sua guarda provisória por no máximo um ano e oito meses, até que a mesma seja reintegrada à família de origem, encaminhada para a família extensa (tios, avós biológicos, etc) ou para adoção. Enquanto a criança ou adolescente está sob a guarda provisória, o Serviço do Família Acolhedora, em trabalho integrado com outros equipamentos da Assistência Social e do Poder Judiciário, trabalha com a  família de origem visando restaurar o laço e vínculo familiar.

Wellington Ribeiro

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banner Santa Cruz do Capibaribe

Você também pode gostar

OPORTUNIDADE

O prefeito Mano Medeiros anunciou hoje (26), um concurso público para diversos cargos públicos no Jaboatão dos Guararapes, oferecendo um total de 1.582 vagas....

ELEIÇÕES 2024

O Blog Ponto de Vista, em parceria com o Instituto França de Pesquisas (IFP), divulgará neste domingo pesquisa sobre a corrida eleitoral em Caruaru....

Recife

Aumentou o número de opções entre os auxiliares do prefeito João Campos que entraram no radar como alternativas para ser seu companheiro de chapa...

MUDANÇAS

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (22), mudanças nos comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. O coronel Ivanildo Cesar Torres de...

Copyright © 2014 - 2023 Blog Ponto de Vista. Todos os direitos reservados.