Paulo Câmara é homenageado durante comemorações dos 130 anos da Usina Cucaú

Cerimônia festiva também marcou o início do período de moagem da safra 2021/2022

Eriberto Medeiros é reconduzido à presidência da ALEPE
Presidente da Alepe repudia críticas à tramitação das prestações de contas do Governo
Prefeito Carlinhos da Pedreira apresenta demandas de Barreiros ao deputado Eriberto Medeiros

O governador Paulo Câmara foi homenageado, na manhã desta segunda-feira (20.09), durante cerimônia comemorativa dos 130 anos de funcionamento da Usina Cucaú, localizada no município de Rio Formoso, na Mata Sul do Estado. O governador foi agraciado com uma medalha e diploma referentes à celebração, no evento que reuniu representantes do setor político, empresarial e jurídico e também marcou o início do período de moagem de cana da safra 2021/2022.

“A Usina Cucaú tem cumprido um papel muito importante. São 130 anos de atividade, sempre se adaptando aos novos tempos e ajudando a gerar emprego e renda na região, sobretudo em um momento tão difícil que passa o nosso País. Estaremos sempre atentos, conversando e verificando parcerias possíveis de serem feitas com o setor para avançar, melhorar e garantir cada vez mais condições de a indústria sucroenergética criar inovações que protejam principalmente o meio ambiente”, destacou Paulo Câmara.

Em seu discurso, o presidente da Usina Cucaú, Eduardo de Queiroz Monteiro, ressaltou o caráter emblemático da data. “Estamos celebrando o aniversário de uma empresa secular. Ao longo de 130 anos, ela nunca teve seu processo industrial interrompido, e já se prepara pra moer de novo”, afirmou.

Estiveram presentes à cerimônia os secretários estaduais José Neto (Casa Civil) e Décio Padilha (Fazenda); o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros; o procurador-geral de Justiça, Paulo Augusto de Freitas; o prefeito do Recife, João Campos; além do senador Fernando Bezerra Coelho e deputados federais e estaduais.

HISTÓRIA – Erguida nas terras de um antigo engenho, em 1981, a Usina Cucaú ganhou impulso em 1943, quando o empresário Armando de Queiroz Monteiro adquiriu a empresa. A partir de 2000, o controle acionário passou ao empresário Eduardo de Queiroz Monteiro, presidente do Grupo EQM, e a usina se modernizou ainda mais, expandindo sua produção, gerando empregos e criando projetos e ações que valorizam a preservação ambiental e o desenvolvimento social.

COMMENTS