PRÉ-CANDIDATOS SE MOVIMENTAM EM SÃO JOSÉ DA COROA GRANDE

Com a aproximação do período limite de filiação para aqueles que pretendem concorrer nas eleições de 2016 se aproximando, o bastidor político do m

Política São José – Wagner desponta como forte candidato a vereador
Coluna desta segunda-feira: Rompimento ou submissão?
SÃO JOSÉ DA COROA GRANDE – Militantes apresentam chapa que defende a reconstrução do PT no Município

Sem título

Com a aproximação do período limite de filiação para aqueles que pretendem concorrer nas eleições de 2016 se aproximando, o bastidor político do município de São José da Coroa Grande começa a ficar mais agitado. Tais movimentações partem principalmente dos pré-candidatos a prefeito que veem na concentração de partidos uma oportunidade de acomodar os pré-candidatos a vereador que os ajudarão a alcançar êxito no futuro. Já colecionando ao menos 4 pré-candidatos ao cargo de prefeito, a busca por partidos têm sido bastante concorrida principalmente por parte do ex-prefeito Barbosa (PSD) e da atual prefeita Elianai Baleia (PDT) , que tem no seu esposo, João Baleia, o grande articulador.

Embora esteja surgindo vez ou outra a notícia de que Elianai Baleia não concorrerá à reeleição, a movimentação que João Baleia tem feito nos bastidores vem mostrando exatamente o contrário, tendo inclusive, segundo fontes ligadas ao bloco de situação, marcado a segunda quinzena do mês de agosto como o início da fixação de acordos e ações mais efetivas para impulsionar a candidatura da sua esposa, passando desde convites a pré-candidatos a vereador, visitas, além de inauguração e início de obras.

Por outro lado, o ex-prefeito Barbosa tem aos poucos pavimentado o seu retorno a prefeitura com visitas pontuais pela cidade e vem se reunindo com frequência com presidentes estaduais de partidos com vistas a obter o poder dessas legendas no município. Outra ação que o ex-prefeito tem feito com regularidade é o contato com lideranças politicas independentes e que podem fazer a diferença nesta que pode ser, embora alguns teimem em acreditar, uma das eleições mais acirradas dos últimos tempos.

Correndo por fora e lutando contra o isolamento, temos a atual vice-prefeita Eliete Veras (PTB), que rompeu as relações políticas com o atual grupo de situação com apenas um ano de administração. De modo tímido e discreto, Eliete aos poucos tem batido na porta de alguns grupos independentes e em alguns casos, conforme nós temos notícia, a recepção não tem sido a das melhores, principalmente porque lhe falta estrutura financeira para competir contra as duas principais forças políticas do município.

Recentemente uma matéria publicada pelo Blog do ED trouxe ao conhecimento público que a vice-prefeita estaria procurando mudar de sigla e que almejava conseguir a presidência do PSB, movimento que acabou sendo frustrado conforme informou o blogueiro. Vale ressaltar que no ano passado a atual vice-prefeita apoiou a candidatura do atual ministro Armando Monteiro ao governo do Estado e que segundo informações esse foi um dos muitos empecilhos que impediram que o PSB fosse para as suas mãos. O engraçado é que meses antes Eliete Veras havia procurado Pedro Costa, atual presidente do PSB em São José, em busca de apoio para o seu projeto político, mas essa suposta movimentação feita por ela para tirar-lhe a sigla soa de forma nada cortês.

Outro que tem trabalhado para se consolidar como alternativa para a disputa do próximo ano é o atual Presidente da Câmara de Vereadores, Beto do Abreu. Tendo mostrado habilidade política ao conseguir alcançar o posto maior da Casa Amaro Marcelo desbancando o então presidente Dilson Lins que tentava a reeleição e que contava com o apoio do ex-prefeito Barbosa, Beto já conta com a simpatia de alguns vereadores e tem no contato corpo a corpo com a população a sua principal estratégia.

Embora esteja faltando menos de um ano para o início da campanha propriamente dita e o cenário eleitoral no momento apresente algumas tendências, muita coisa ainda pode mudar ao longo desses meses, principalmente as relacionadas às alianças construídas e os acordos voltados para a ocupação das vagas para vice-prefeitos, assunto que trataremos o mais breve possível.

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS