conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

MENU

Recife

Prefeito João Campos entrega a segunda Praça da Infância do Recife

Equipamento voltado ao público infantil fica no Compaz Miguel Arraes, na Avenida Caxangá, e recebeu investimentos de R$ 831 mil. Entrega, feita pelo Prefeito João Campos, acontece no mês em que se comemora a primeira infância

Prefeito João Campos Praça da Primeira Infância
No mês em que se celebra a Primeira Infância, a Prefeitura do Recife realizou a entrega, nesta quinta-feira (3), da segunda Praça da Infância da cidade, construída no Compaz Miguel Arraes, na Avenida Caxangá, bairro da Madalena. As obras foram executadas pela Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) e receberam investimentos de R$ 831 mil, englobando infraestrutura, brinquedos e demais componentes. A primeira Praça da Infância entregue à população fica na Praça Dom Miguel Valverde, na Encruzilhada, e a unidade de San Martin está em obras. A entrega desta quinta, realizada pelo prefeito João Campos ao lado de secretários municipais, aconteceu no mês em que se celebra a primeira infância.

“Esta é a segunda Praça da Infância inaugurada e mais oito virão. A gente já tem mais uma em obras e outras duas que serão iniciadas nos próximos 30 dias. É compromisso nosso fazer um espaço público de qualidade, pensando na criança. Quando a gente pensa na criança, a gente está pensando no futuro, pensando em alguém que precisa ser acolhido e ter oportunidade. É preciso equipamento adequado à criança”, declarou João Campos durante a inauguração.

Com 490 m2 de área, a Praça da Infância do Compaz Miguel Arraes conta com novos brinquedos, passeios, pisos, mobiliários, rampas, drenagem, paisagismo e nova comunicação visual. Na fase de elaboração do projeto, a equipe de intervenções sociais da Secretaria Executiva de Inovação Urbana esteve no local para escutar as crianças, seus tutores e cuidadores. Nas oficinas de cocriação, as crianças pediram brinquedos onde pudessem “pular”, “girar”, “equilibrar” e “escalar”. 

O círculo foi escolhido como forma básica, representando os elementos naturais. Nesta praça, foram implantados dois círculos identificados como vento e mais três complementares. Os que representam o vento comportam um balanço e um quadrifol, que é um brinquedo com cordas. Os complementares possuem um morrote de escalada, dois pula-pulas e um gira gira inclusivo. Todos estes círculos foram conectados por um caminho estruturante, facilitando o percurso da criança.

De acordo com o secretário de Educação do Recife, Fred Amancio, a ideia é que Recife seja conhecida como a cidade da primeira infância: “Hoje é um dia muito especial, segunda praça da infância inaugurada. Outras vão chegar e se espalhar pela cidade. O prefeito João Campos tinha um compromisso em construir praças que tivessem um olhar especial para a primeira infância, que corresponde à faixa etária de 0 a 6 anos de idade”.

Já o secretário da Segurança Cidadã do Recife, Murilo Cavalcanti, lembrou da importância de todos contribuírem com a preservação no novo espaço de lazer. “A gente tem que trabalhar para entregar o melhor para quem mais precisa. Aproveito para fazer um apelo: a Prefeitura vai fazer a manutenção, mas é muito importante que os pais contribuam com o cuidado com o espaço, com o zelo. O equipamento é das crianças da comunidade”, disse ele.

As Praças da Infância estão sendo criadas a partir de uma metodologia que será replicada em toda a cidade, com soluções específicas e que estejam em sintonia com o seu entorno. Esse método garante que toda criança recifense tenha acesso às mesmas qualidades proporcionadas por estes espaços. O projeto é elaborado a partir do “Guia de princípios para remodelação das praças para infância”, organizado pela Prefeitura do Recife, visando a requalificação paisagística que assegure a motivação de ações voltadas à inclusão, segurança, liberdade, orgulho e visibilidade das crianças.

A engenheira agrônoma, Janiele Barbosa, de 36 anos, aprovou a Praça da Infância do Compaz Miguel Arraes. “Eu vim com a minha filha de cinco anos e o meu filho de um ano e três meses. Fiquei encantada com o espaço e com os brinquedos que eles podem explorar. Como a gente mora em apartamento, eu gosto que eles tenham contato com areia. E aqui tem areia e brinquedos maravilhosos. Eu já trazia meus filhos para o Criar e estava na expectativa para ver essa praça pronta”, comentou ela.

CRIAR O equipamento foi construído no Compaz Miguel Arraes como parte de uma estratégia para unificar e potencializar as políticas públicas municipais destinadas ao público infantil. O local também sedia o Centro de Referência da Primeira Infância (CRIAR) da Secretaria de Educação do Recife, espaço voltado para o desenvolvimento integral da criança, com foco na primeira infância, que oferta atividades ricas em ludicidade e interatividade em diferentes espaços.

Wellington Ribeiro

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

OPORTUNIDADE

O prefeito Mano Medeiros anunciou hoje (26), um concurso público para diversos cargos públicos no Jaboatão dos Guararapes, oferecendo um total de 1.582 vagas....

ELEIÇÕES 2024

O Blog Ponto de Vista, em parceria com o Instituto França de Pesquisas (IFP), divulgará neste domingo pesquisa sobre a corrida eleitoral em Caruaru....

Recife

Aumentou o número de opções entre os auxiliares do prefeito João Campos que entraram no radar como alternativas para ser seu companheiro de chapa...

MUDANÇAS

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (22), mudanças nos comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. O coronel Ivanildo Cesar Torres de...

Copyright © 2014 - 2023 Blog Ponto de Vista. Todos os direitos reservados.