Prefeitura de Arcoverde vai gastar mais de um milhão de reais para comprar material de cantina e outros

Saiba mais informações clicando no link

PE 270: Esquecida nos caminhos de Pernambuco é retrato de abandono e cobrança de prefeitos
Arcoverde: TRE nega seguimento aos recursos especiais de Wellington, Israel e Madalena
Arcoverde: Siqueirinha exonera mais indicados de Wellington e nomeia cunhado para Finanças


Em tempos de pandemia do novo coronavírus, a prefeitura de Arcoverde que passou muito tempo que faltava recursos para fazer o enfrentamento do Covid-19 de forma mais intensa, está realizando uma licitação para a compra de material de Cantina, Limpeza, Utensílios e Higiene Pessoal, para atender as necessidades das secretarias municipais. Para isso, pretende gastar um milhão, cinquenta e dois mil, quinze reais e cinquenta e dois centavos ((R$ 1.052.015,52). A denúncia é da vereadora Zirleide Monteiro (PTB).

Segundo ela, durante fala na sessão desta segunda-feira (20), a compra faz parte do processo licitatório Nº 013/2020, através do pregão eletrônico Nº 007/2020. A abertura do processo está previsto para este dia 23 de abril, às 09h.

“É brincadeira! Estão querendo fazer feito a casa da moeda e fazer dinheiro? Mais de um milhão para material de cantina e agentes de saúde sem equipamentos de proteção suficiente? CAPS sem médicos e remédios? Alunos ainda sem ver o cheiro da merenda que tanto a vereadora Célia pediu? Isso é imoral em tempos de pandemia”, afirmou a vereadora questionando a necessidade desse material e o volume grande de recursos a ser utilizado.
A vereadora disse que ia levar o caso ao conhecimento do Tribunal de Contas do Estado e ao Ministério Público de Pernambuco por considerar que os gastos, além de exorbitantes, não são emergenciais como prevê nos dias atuais o combate ao coronavírus.

COMMENTS