Prefeitura do Cabo inicia distribuição gratuita de 50 mil máscaras de proteção

Saiba mais informações clicando no link

Procon Cabo interdita posto de combustível na BR 101
Cabo inicia vacinação da população a partir de 67 anos de idade na segunda-feira (29)
Cabo de Santo Agostinho é o primeiro Município do Brasil a pagar o Piso Nacional do Magistério na folha de Janeiro


Nesta sexta-feira (24/04), a Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho iniciou a distribuição de 50 mil máscaras de proteção para a população. A medida de prevenção faz parte da campanha “Combate ao Coronavírus”, com o objetivo de proteger a população contra a Covid-19.

As máscaras foram entregues no centro da cidade e também no distrito de Ponte dos Carvalhos, principalmente próximo às agências bancárias e casas lotéricas, que registraram um fluxo maior de pessoas. Na ação, a população recebia higienização das mãos com álcool em gel e, em seguida, recebiam as máscara e panfletos explicativos.

Segundo o prefeito do Cabo, Lula Cabral, ações como esta irão acontecer ao longo dos próximos dias em pontos sensíveis de concentração de pessoas. “A utilização da máscara salva vidas, não só a de quem usa, mas também a do próximo”, disse. “A Prefeitura tem trabalhado incansavelmente com ações de prevenção. Estamos higienizando ruas e espaços públicos, fiscalizando o comércio e fazendo a distribuição de panfletos e máscaras, além de intensificar as medidas restritivas. Nossa intenção é vencer esta pandemia que assusta o mundo”, acrescentou Cabral.

As máscaras foram confeccionadas em Santa Cruz do Capibaribe e são feitas com TNT duplo ou triplo 100% polipropileno. O prefeito ainda explicou que inicialmente estão sendo distribuídas 50 mil unidades, mas que o município deve adquirir mais. “Vamos distribuir quantas máscaras forem necessárias para os cidadãos cabenses”, afirmou ele.

A moradora de Ponte dos Carvalhos, Maria Santana, estava na fila de uma casa lotérica, quando recebeu a máscara. Para ela, a iniciativa é de extrema importância para proteger cada cidadão da Covid-19. “Eu acho a iniciativa muito importante para nos protegermos desse vírus. Parabéns à Prefeitura que tomou essa atitude de estar ajudando a população. Infelizmente, muitos ainda acham que é brincadeira e não estão se precavendo. Espero que todos tenham consciência e usem as máscaras”, destacou ela.

Máscaras – Segundo o Ministério da Saúde para que a máscara possa ser eficiente como uma barreira física, o acessório precisa seguir algumas especificações, que são simples. É preciso que a máscara tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja dupla face. E mais uma informação importante: ela é individual. Não pode ser dividida com ninguém. As máscaras podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas e higienizadas corretamente. O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais. Se ficar úmida, tem que ser trocada. Pode lavar com sabão ou água sanitária, deixando de molho por cerca de 30 minutos.

COMMENTS