Prefeitura do Ipojuca e TJPE inauguram Casa de Justiça e Cidadania para conciliação de conflitos

Saiba mais informações clicando no link

Prefeitura do Ipojuca Célia Sales TJPE

A Prefeitura do Ipojuca e o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) promoveram, agora estão juntos na Casa de Justiça e Cidadania do município. A “Casa da Justiça e Cidadania” do TJPE que funcionará dentro da nova Casa da Cidadania, recentemente entregue pela administração municipal, terá equipes de apoio com advogados, psicólogos, assistentes sociais, conciliadores entre outros profissionais para atender os cidadãos em busca de atendimento judicial. O ato, que formalizou o início do funcionamento da unidade de Ipojuca, a 17º aberta pelo Tribunal, aconteceu de forma virtual, contando com a participação da prefeita Célia Sales, do presidente do TJPE, desembargador Luiz Carlos de Barros Figueiredo, do coordenador geral do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Soluções de Conflitos, desembargador Erik Simões, entre outras autoridades da instituição e do município.

Prefeitura do Ipojuca Célia Sales TJPE

Para a prefeita do Ipojuca, Célia Sales, essa parceria representa um avanço dos serviços já oferecidos pelo espaço. “Sabemos o quanto uma orientação jurídica e psicológica pode fazer a diferença na vida do cidadão que busca resolver conflitos e, essa ação vai agregar muito. Nossa Casa da Cidadania representa um avanço não só do ponto de vista do direito do cidadão como também repara a centralização do acesso a alguns serviços que antes só eram possíveis se os ipojucanos fossem ao Recife”, disse. Na sua fala, o presidente do TJPE ressaltou que a sociedade vive constantemente em conflito, por isso necessita da ação judiciária para tratar desses casos. “Estamos agora numa cidade importantíssima por conta do seu crescimento econômico, com polos importantes e praias belíssimas. E que essa Casa da Cidadania e Justiça possa servir de modelo para cidades vizinhas entenderem que esse é o caminho. Gostaria de agradecer a sensibilidade da prefeita, da secretária (Anne Banja) e do procurador (Marcos Lira) pela parceria”, afirmou o desembargador Luiz Carlos de Barros Figueiredo.

Segundo o desembargador Erik Simões, “qualquer pessoa que tenha uma ação tramitando na comarca de Ipojuca pode solicitar o envio para a Casa da Justiça e tentar fazer o acordo. É um motivo de alegria poder fazer isso em Ipojuca, e espero que seja um órgão de pacificação”, informou. À frente da Casa da Cidadania, a secretária de Assistência Social, Anne Banja, reforçou: “acreditamos que com a entrega desse novo serviço teremos muito mais celeridade para os ipojucanos e esperamos que seja um espaço de referência no Estado. É uma honra poder contar com mais esse espaço, que já conta com emissão de documentos, núcleo da Receita Federal e um posto avançado da Defensoria Pública de Pernambuco”, detalhou a gestora. “O serviço ofertado por esse convênio se soma a outros diversos ofertados pelo município, sendo importantíssimo para fazer o máximo de conciliações sem entrar em litígio”, destacou o procurador Geral do Ipojuca, Marcos Lira.

ATENDIMENTO – A Casa da Cidadania funciona na Rua Hilda da Costa Monteiro, nº210, Ipojuca Centro, e funciona de segunda a sexta, das 8h às 14h. Outras dúvidas e orientações podem ser tiradas pelo telefone da Casa: 3551-1142.

COMMENTS