Presidente da ACS-PE comemora o início da vacinação de profissionais de segurança pública

Ao todo, 2,5 mil doses de CoronaVac foram recebidas para imunizar profissionais que atuam em Pernambuco.

Albérisson Carlos critica pichações em outdoors de Bolsonaro no Recife
ACS-PE parabeniza Bombeira Militar por assumir Secretaria Executiva de Defesa Civil do Paulista
ACS-PE homenageia profissionais pelo Dia do Bombeiro

Ao todo, 2,5 mil doses de CoronaVac foram recebidas para imunizar profissionais que atuam em Pernambuco.

O presidente da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE), Albérisson Carlos, comemorou o início da vacinação dos profissionais de segurança pública no Estado.

O início da vacinação dos profissionais aconteceu nesta terça-feira (6) em um evento simbólico para marcar o início da vacinação desse grupo. Ao todo, seis homens receberam a primeira dose. Os profissionais fazem parte das polícias Civil, Militar, Científica, Federal e Rodoviária Federal e do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco.

“É com muita satisfação e alegria que compartilho esse momento do início da imunização desses profissionais que doam suas vidas pelo próprio e nada mais justo do que priorizá-los para que continuem exercendo seus trabalhos de combate ao crime e protegendo a vida das pessoas”, defendeu Albérisson.

O anúncio da priorização dos profissionais de segurança foi feito pelo governador Paulo Câmara na última quinta-feira (1º), mas o presidente da ACS-PE, já havia enviado ofícios ao secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, solicitando a inclusão dos Militares no grupo prioritário para receber a vacina.

A principal justificativa para a priorização dos profissionais é o fato deles estarem nas ruas todos os dias, em contatos com as pessoas e propícios a pegar o vírus, mesmo seguindo as recomendações do uso de máscaras e a higienização com álcool em gel.

Mesmo com o início da vacinação sendo realizado nesta terça-feira (6), os Policiais e Bombeiros Militares continuarão a imunização na próxima quinta-feira (8).

COMMENTS