RADAR POLÍTICA (13/09) – A força da candidatura de Clodoaldo Magalhães a deputado federal incomoda

Saiba esta e outras informações sobre os bastidores da política clicando no link

PSB ganha mais dois vereadores no Recife
Pré-candidato a deputado estadual, vereador Davi Muniz se fortalece no Recife
Davi Muniz dispara contra Pr. Eurico e reafirma aliança com o PSB


ESCRITO POR WELLINGTON RIBEIRO
A decisão do deputado estadual Clodoaldo Magalhães em concorrer a uma vaga na Câmara Federal segue sendo motivo de alta tensão dentro do ninho socialista, justamente porque alguns deputados federais veem em Clodoaldo uma ameaça aos seus projetos de reeleição.

Munidos de milhões em emendas que possibilitam irrigar municípios com máquinas e ações ,resultando assim na atração de prefeitos, federais não deveria se assustar com alguém que está tentando sair do Legislativo Estadual, pelo menos assim deveria ser. Porém, por qual motivo Clodoaldo Magalhães tem apavorado alguns colegas de partido?

Embora corra no ninho socialista a informação de que Clodoaldo estaria invadindo os espaços dos correligionários, a verdade é que, dispondo de uma ampla base para deputado estadual, Magalhães acabou se tornando um ponto de forte atração para deputados estaduais de mandato e pré-candidatos que buscam por este precioso espaço e isso levou a muitos deles substituírem os apoios a alguns deputados do PSB, o que gerou grande desconforto, algo que o Blog Ponto de Vista já havia antecipado há semanas.

Recentemente surgiu a notícia de que alguns federais, na tentativa de frear os apoios dentro do PSB a Clodoaldo, teriam levado a insatisfação à cúpula nacional do partido e assim evitar que ele tivesse legenda para disputar em 2022, algo que dificilmente deve acontece. Na política quem tem votos pode servir de tábua de salvação. Foi assim na eleição passada aqui em Pernambuco, quando João Campos e o seus 460 mil votos salvou da degola Tadeu Alencar que obteve pouco mais de 53 mil votos.

Em Minas Gerais, por exemplo, os novatos Emidinho Madeira e Vilson da Fetaemg, que juntos obtiveram mais de 170 mil votos, ajudaram ao PSB não só ampliar a sua bancada na Câmara Federal como também a salvar o mandato do veterano Júlio Delgado que teve 58 mil votos.

Não bastasse Clodoaldo Magalhães, o PSB também deve ter entre os seus quadros na disputa por vaga na Câmara Federal outros dois pesos pesados em relação a voto: Guilherme Uchôa Júnior e Eriberto Rafael. Ambos que também dispõem de bases de deputado estadual para realizar trocas. O que eleva ainda mais o nível de concorrência no ninho socialista que tem tudo para ampliar a sua participação na Câmara Federal na próxima eleição.

PÉ NA ESTRADA – O deputado federal Sebastião Oliveira (Avante) percorreu entre quinta e domingo vários municípios do Sertão, Agreste e Zona da Mata. O parlamentar participou da entrega de máquinas, anunciou a liberação de emendas e conversou com lideranças. São José do Belmonte, Serra Talhada, Cabrobó, Arcoverde, Pesqueira, Alagoinha, Pedra, Chã de Grande, São Benedito do Sul, Maraial, Terezinha e Angelim estiveram na agenda de Sebá.

PARTINDO PRA CIMA – Franz Hacker anda realizando uma intensa agenda em municípios do litoral Sul para pavimentar o seu caminho para a ALEPE. Ontem (12) ele recebeu grande apoio popular em uma Cavalgada no Distrito de Santo André, em Tamandaré, ao lado do ex-prefeito Hildo Hacker e do deputado Clodoaldo Magalhães.

FAVORITO – O jurista pernambucano José Paulo Cavalcanti é visto como favorito na disputa pela cadeira de número 39 da Academia Brasileira de Letras. O posto está vago desde o falecimento do ex-vice-presidente Marco Maciel. O padrinho forte de José Paulo na ABL é o também pernambucano Marcos Vilaça, imortal ocupante da cadeira 26.

COM O BOI NA SOMBRA – Quem conhece o mapa político pernambucano sabe que o deputado Fernando Monteiro (PP) ampliou de forma significativa o número de prefeitos que o apoiam. Monteiro tem uma reeleição tranquila. Chega próximo a 20 o número de prefeitos que compõem a sua base. Entre eles estão os de Arcoverde, Serra Talhada, Buíque, Alagoinha, Dormentes, Afrânio, Ipubi, Jurema e Ribeirão. Sem falar dos muitos palanques de oposição. Ele deve superar facilmente os 100 mil votos.

JOGANDO PESADO  O deputado estadual Francismar Pontes anda avançando junto ao eleitorado jaboatonese. Por lá ele está montando uma ampla base de apoio para sair com expressiva votação. Já em Paulista, onde na eleição passada contou com o apoio do então prefeito Júnior Matuto e obteve mais de 7 mil votos, Francismar também tem escalando um time.

GANHANDO TERRENO – Disposto a conquista ruma vaga na Assembleia Legislativa, o vereador recifense Davi Muniz já caiu em campos e anda arregimentando  apoios ao seu projeto, sobretudo na capital. Já anunciaram apoio a Davi os ex-vereadores Benjamim da Saúde e Eduardo Chera, além dos suplentes Lula Legal, Wilson Lapa e Sávio Morethe.

TIME FORTE – O PSB tem tudo para ampliar de forma significativa a sua bancada na ALEPE. Não bastassem os atuais quadros, está chegando uma turma que apresenta grande potencial de voto, a exemplo de Rodrigo Farias, Davi Muniz, Dannilo Godoy, Cayo Albino, Franz Hacker e Sileno Guedes. Tem ainda o deputado Eriberto Medeiros e a deputada Fabíola Cabral que também devem engrossar as fileiras socialistas.

ALGUÉM RESPONDE? – Como anda a relação entre o prefeito de Arcoverde, Wellington da LW, e Cal Britto, filho da ex-prefeita Madalena Britto?

Wellington Ribeiro é pós-graduado em Gestão Pública e Legislativa pela UPE – E-mail: [email protected] Whatshap (81) 99521-6544

COMMENTS