RADAR POLÍTICO (05/01) – PSB estica a corda e PP ameaça romper

Saiba esta e outras informações dos bastidores da política pernambucana clicando no link

Sirinhaém apresenta melhor desempenho de isolamento social em Pernambuco
SIRINHAÉM – Vice-governadora Luciana Santos anuncia apoio a Camila Machado
Clóvis Paiva mostra força política ampliando base de apoio


O clima entre o PSB e o PP, que há alguns meses se assemelhava ao de um casal com um relacionamento conturbado, mas que preferia sorrir para as câmeras desejando imprimir a imagem que estava tudo bem, agora passou para a fase de um pré-divórcio. O espaço diminuto oferecido pelos socialistas ao PP no secretariado de João Campos, no Recife, é uma das razões para o ruído.

Na equipe de João Campos coube aos progressitas indicar a titular da secretaria de Habitação, pasta que com a reforma administrativa teve a sua estrutura reduzida a um tamanho que os progressitas julgam ser incompatível com o do partido. Não bastasse isto, o PP viu outras siglas serem contempladas com espaços bem melhores.

A situação levou os deputado federal e presidente estadual do PP, Eduardo da Fonte, a ameaçar romper com o PSB no Recife.

Ao que parece, o problema envolvendo o espaço do PP no Recife é apenas a ponta do iceberg. O banho-maria que os socialistas estão levando os Progressistas em relação à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário, atualmente na mão do PT, é algo que tem incomodado bastante. Não há dúvida de que qualquer decisão a ser tomada por Eduardo da Fonte no Recife implicará em reações também a nível estadual, onde o seu partido possui 11 deputados, incluindo o presidente da ALEPE.

MATEMÁTICA – Caso o PP decida levar os seus 4 vereadores para a Oposição, o grupo chegaria a 15 integrantes. 2 a mais que os 13 necessários para instalar uma CPI. Vale lembrar que PT e PSOL possuem 5 vereadores. PSC, Podemos e DEM, juntos têm outros 6. Basta um terço dos 39 vereadores para criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito.

BOMBEIRO – Tentar dirimir o conflito com o PP será o primeiro grande desafio do secretário municipal de Governo, Carlos Muniz.

SENTOU NA JANELA – Recém-chegado à Frente Popular, o deputado Federal Sílvio Costa Filho, presidente estadual do Republicamos, emplacou uma aliada no secretariado de João Campos, no Recife. Trata-se de Érica Moura, na Secretaria de Saneamento. O espaço conquistado por Sílvio causou a maior ciumeira.

TERRA ARRASADA – A prefeita de Cortês, Fátima Borba (Republicanos) recebeu o município das mãos do seu antecessor, Reginaldo Morais, um município totalmente sucateado. Caixa zerado, salário de servidores e aposentados atrasados, meses de consignados sem pagar, carros sem a mínima condição de uso, acúmulo de lixo nas ruas, falta de medicamentos… Um verdadeiro caos.

MINISTÉRIO PÚBLICO – A oficialização pelo governador Paulo Câmara do promotor de Justiça Paulo Augusto de Freitas Oliveira no cargo de procurador-geral de Justiça do Estado para o biênio 2021-2023, foi prestigiada por várias personalidades da política estadual e recifense no Palácio do Campo das Princesas na tarde de ontem (04/01). O presidente da ALEPE, Eriberto Medeiros, o prefeito do Recife, João Campos, e o vereador Eriberto Rafael, estiveram entre os que deram as boas vindas ao novo chefe do MPPE.

RECORDE – Poucas horas depois de assumir a secretaria de Regionais do município do Paulista, o ex-vereador Alemão entregou o posto. O que se comenta é que ele ficou insatisfeito ao saber que não teria a autonomia que esperava em relação à indicação de cargos. Quem deve assumir o espaço deixado por Alemão é Edirce Pinto, viúva do ex-deputado Amaury Pinto e sogra do vice prefeito Dido Vieira.

O CLIMA AZEDOU  – A menos que se queira testemunhar o que acontece colocar um pavio aceso próximo a um barril de pólvora, não coloque na mesma mesa os prefeitos Carlinhos da Pedreira (Barreiros), Camila Machado (Sirinhaém) e Carrapicho (Tamandaré), com a prefeita Isabel Hacker (Rio Formoso). A disputa pelo comando do Consórcio Portal Sul azedou de vez o clima entre o trio e a prefeita rio-formosense.

Escrito por Wellington Ribeiro – E-mail: [email protected] – Telefone: (81) 99521-6544

COMMENTS