Radar Político (25/01) – Base aliada pode fazer corpo mole em candidatura de Zé Queiroz ao Senado

Radar Político (25/01) – Base aliada pode fazer corpo mole em candidatura de Zé Queiroz ao Senado

Em passagem por Pernambuco no início da semana, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, fez questão de reiterar o seu desejo de ter o ex-prefeito d

Paulo Câmara leva ações do Plano Retomada ao Sertão do Pajeú
Coluna Radar Político (04/06) – Marília recebe aval de Lula para ser candidata a governadora
Maria Sebastiana e Sebastião Mendes são recebidos pelo governador Paulo Câmara

Em passagem por Pernambuco no início da semana, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, fez questão de reiterar o seu desejo de ter o ex-prefeito de Caruaru, Zé Queiroz, integrando a chapa majoritária do governador Paulo Câmara como candidato ao Senado. O outro momento em que o mandatário do PDT falou sobre este assunto foi em setembro do ano passado, em ato que oficializou o retorno da sigla para o palanque da Frente Popular. Em ambos os momentos Lupi tratou o assunto como uma “reivindicação” do partido, deixando claras as suas intenções de emplacar o caruaruense em uma disputa majoritária.

Com um amplo currículo político, nos quais constam vários mandatos de deputado estadual e quatro passagens pelo comando da prefeitura da Capital do Forró, Zé Queiroz leva vantagem em relação a outros concorrentes pela vaga, pois carregar consigo a simbologia de representar o Agreste na chapa. No entanto, a possibilidade de Zé Queiroz participar da chapa não tem sido bem recebida por algumas lideranças da base de sustentação do Governo na ALEPE e alguns deputados federais.

Pesa contra Zé Queiroz uma insatisfação quase que generalizada entre essas lideranças, que se veem atropeladas pelas decisões que estão sendo tomadas na Secretaria Estadual de Agricultura e Reforma Agrária, pasta comandada por Wellington Batista, seu indicado. Invasão de bases e criação de entraves para a liberação de ações são algumas das queixas apontadas.

Caso seja escolhido pelo governador para disputar uma das vagas para o Senado,  Zé Queiroz tem grandes chances de se deparar com lideranças fazendo corpo mole para a sua eleição.

Veto – Uma fonte ligada ao Palácio confidenciou que ao menos dois motivos impedem que André Ferreira (PSC) componha a chapa majoritária ao lado do governador Paulo Câmara. O primeiro deles é que o PSB enxerga que uma eleição de André como senador concentraria muito poder nas mãos da família Ferreira que hoje já possui o comando de Jaboatão do Guararapes. O outro estaria relacionado a não melindrar lideranças da Assembleia de Deus, denominação evangélica que os Ferreiras já fizeram parte.

Federal – Apesar de ter uma reeleição praticamente garantida para a ALEPE, o presidente estadual do PTC e deputado estadual Eriberto Medeiros (imagem) tem se movimentado para viabilizar a sua candidatura à Câmara Federal. Em conversa com este blogueiro, um deputado estadual e um suplente não só confirmaram a intenção de Eriberto, como também disseram que ele possui amplas condições de entrar competitivo na disputa caso persista com o projeto.

Segurança – O deputado federal André de Paula (PSD), acompanhado do prefeito de Itapissuma, Zé de irmã Teca, e do ex-prefeito Cal Volia, foi recebido na tarde de ontem pelo secretário Antônio de Pádua na sede da Secretaria de Defesa Social (SDS). O encontro serviu para discutir os detalhes finais para a instalação do 26º Batalhão da Polícia Militar no município. Além de Itapissuma, o novo Batalhão atenderá aos municípios de Paulista, Abreu e Lima, Igarassu, Itamaracá e Araçoiaba.

De saída – Nos corredores da ALEPE já é dada como certa a saída do deputado estadual Vinicius Labanca do PSB. Fragilizado após perder importantes bases, o parlamentar mira em uma coligação onde a concorrência seja menor.

Os motivos – Com baixas eleitorais significativas, a exemplo da perda de importante apoio em Lajedo, onde em 2014 obteve mais de 8 mil votos, a derrota do seu grupo em São Lourenço da Mata, sua principal base eleitoral, além de não mais contar com o apoio do ex-prefeito Jorge Alexandre (Camaragibe), colocam Vinícius Labanca em uma zona nada confortável para tentar a reeleição em um chapão com o PSB, PSD e PR.

Mudança – A grande adesão ao ato organizado pelo prefeito Luciano Duque (Serra Talhada) para a pré-candidatura de Marília Arraes ao Governo do Estado superou todas as expectativas, por esta razão o evento teve que ser transferido de local. Ao invés de acontecer na Câmara de Vereadores, a festa será realizada em um ginásio poliesportivo.

Apagado – Ao contrário de Marília Arraes, o deputado estadual e também pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT, Odacir Amorim, não tem feito esforço algum para impulsionar a sua pré-candidatura. Está inércia só reforça a ideia de que o lançamento de candidatura de Odacir não passou de um blefe.

Baixa – Não bastasse a perda de espaço que já vem enfrentando no Recife por conta da candidatura de João Campos, o deputado federal licenciado e atual secretário de Turismo Felipe Carreras (imagem) não deverá contar para a sua reeleição com o apoio do prefeito do Cabo Lula Cabral.

Substituto – Um dos motivos da perda de Lula em 2018 seria o fato de que a atuação de Felipe pelo Cabo está sendo considerada bem abaixo do esperado para quem obteve mais de 8 mil votos no município na eleição de 2014. Informações chegadas ao blog afirmam que Lula Cabral poderá apoiar Fernando Filho para Federal.

Nazaré da Mata – Conhecido como um dos mais importantes polos carnavalescos do Estado, o município de Nazaré da Mata pela primeira vez em 130 anos não contará com a apresentação da centenária Sociedade Musical Euterpina Juvenil Nazarena, popularmente conhecida como Capa de Bode. Um dos motivos para a suspensão das apresentações está relacionado ao atraso no pagamento dos cachês dos músicos por parte da prefeitura. Com a palavra, o prefeito Nino!

Escrito por Wellington Ribeiro – E-mail: [email protected]

COMMENTS