conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

MENU

ENTENDA

Sileno Guedes critica “artimanha” do Estado na divulgação de dados da segurança

Foto: Wesley D’Almeida

Na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado Sileno Guedes, líder do PSB, criticou o tratamento dado pelo Governo do Estado aos dados da segurança pública durante o Carnaval, chamando-o de “artimanha matemática”. A avaliação aconteceu na primeira sessão plenária realizada na Casa de Joaquim Nabuco após o Carnaval, nessa segunda-feira (19).

De acordo com informações divulgadas pela Secretaria de Defesa Social (SDS), foram 68 homicídios registrados no estado entre a quinta-feira pré-carnavalesca e a última terça-feira (13), representando uma redução de 17% em comparação com o mesmo período do ano anterior. No entanto, se o Sábado de Zé Pereira fosse utilizado como ponto de partida para o balanço, como tem sido prática desde 2004, o Governo teria que reportar uma redução de 50% menor do que a divulgada, o que comprometeria a narrativa oficial.

“O Governo do Estado mudou a forma de fazer a estatística durante o Carnaval, uma artimanha matemática. É terrível se ater somente a essa contagem se teve mais ou menos homicídios, sobretudo quando, em algumas situações, vimos casos muito tristes acontecerem com imensa repercussão bem perto dos nossos polos de folia”, avaliou o deputado, que abordou o assunto durante debate do qual também participaram parlamentares como Gleide Ângelo (PSB), Abimael Santos (PL) e Joel da Harpa (PL).

Sileno também criticou a morosidade do Governo Raquel Lyra em pautas como o lançamento de concursos para as polícias, o chamamento de aprovados em certames anteriores e a licitação para substituir 358 câmeras de segurança desligadas pela atual gestão em novembro. “Nos preocupa ver que a governadora acabou com o Pacto pela Vida, política pública reconhecida em levantamento divulgado hoje pelo Tribunal de Contas, e veio a esta tribuna falar, com muito orgulho, que teve a primeira reunião do Juntos pela Segurança somente após 13 meses de governo”, completou o parlamentar.

Sileno também expressou críticas à lentidão do Governo Raquel Lyra em questões como o lançamento de concursos para as polícias, a convocação de aprovados em concursos anteriores e a realização de licitação para substituir as 358 câmeras de segurança desligadas pela atual administração em novembro.

“Nos preocupa ver que a governadora acabou com o Pacto pela Vida, política pública reconhecida em levantamento divulgado hoje pelo Tribunal de Contas, e veio a esta tribuna falar, com muito orgulho, que teve a primeira reunião do Juntos pela Segurança somente após 13 meses de governo”, completou o parlamentar.

Leticia Lima

Jornalista diplomada pela Uninassau

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pleno Consultoria Humanizar
Banner Santa Cruz do Capibaribe

Você também pode gostar

OPORTUNIDADE

O prefeito Mano Medeiros anunciou hoje (26), um concurso público para diversos cargos públicos no Jaboatão dos Guararapes, oferecendo um total de 1.582 vagas....

Recife

Aumentou o número de opções entre os auxiliares do prefeito João Campos que entraram no radar como alternativas para ser seu companheiro de chapa...

MUDANÇAS

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (22), mudanças nos comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil. O coronel Ivanildo Cesar Torres de...

ALERTA

A Sensatus Pesquisa e Consultoria Ltda divulgará na próxima quinta-feira (7) uma pesquisa realizada sobre o pleito em Carpina para a prefeitura da cidade....

Copyright © 2014 - 2023 Blog Ponto de Vista. Todos os direitos reservados.