Vaga de Ana Arraes no TCU é de indicação da Câmara Federal

Possibilidade do senador Fernando Bezerra Coelho ser indicado para a vaga passa a ser remota

Guilherme Uchôa Júnior comemora eleição de Ana Arraes para presidência do TCU
Nunca fui agredida por nem um dos meus netos, com os quais tenho uma relação de amor profundo e carinho.”, diz Ana Arraes
Radar Político (18/01) – Candidatura de Ana Arraes pela oposição pode ter efeito devastador na Frente Popular


Apesar de ainda faltar 11 meses para a aposentadoria compulsória da ministra do TCU Ana Arraes, que completa 75 anos no dia 28 de julho de 2022,  na Câmara Federal, a quem cabe a indicação da vaga, a disputa pelo posto já deu inicio.

Estão no páreo pela vaga os deputados  Fábio Ramalho (MDB-MG), Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR) e Soraia Santos (PL-RJ). Todos eles já teriam sido vistos trabalhando o voto juntos aos seus pares. Dos três o que apresenta maior desenvoltura e articulação na Casa é Fábio Ramalho.

Recentemente surgiu com força a informação de que o senador Fernando Bezerra Coelho estaria interessado no espaço que será deixado por Ana Arraes, no entanto, pelo fato da indicação da vaga ser da Câmara Federal não será uma tarefa fácil para o pernambucano conseguir emplacar o posto, pelo menos foi o que nós passou um deputado em reserva ao afirmar também  que dificilmente a Câmara Federal abriria mão de indicar um dos seus.

Por sua vez, ao Senado cabe a indicação para o espaço que será aberto por Raimundo Carreiro que completa 75 anos apenas em setembro de 2023, data para que possa ser aposentado compulsoriamente. Antes desta data só se ele pedir antecipação de aposentadoria, algo que não é muito comum de ocorrer.

Escrito por Wellington Ribeiro

COMMENTS