Vereador do Recife requer a aplicação de 3ª dose em profissionais de saúde

Saiba mais informações clicando no link

Vereador Felipe Francismar aprova Auxílio Emergencial de São João do Recife em reunião da CLJ
RECIFE – Mais lideranças anunciam apoio a Bruno Pinho Alves
Projeto obriga bares e casas de shows a prestarem auxílio à mulher em situação de risco


Com o objetivo de proteger os profissionais de saúde, que estão muito mais expostos à maior carga viral da Covid-19, o vereador e vice-presidente da Comissão de Saúde da Câmara do Recife, Tadeu Calheiros (Podemos), protocolou requerimento, na Casa José Mariano, indicando ao prefeito do Recife, João Campos, a necessidade da aplicação de uma terceira dose de imunizante para essas categorias. A preocupação é justificada pelo crescente número de variantes as quais esses trabalhadores estão combatendo diariamente, que tem maior grau de transmissibilidade – como a Delta.

O requerimento segue o exemplo de outros países, como Uruguai e Israel – que já estão aplicando a terceira dose do imunizante -, além do Chile, que estuda essa possibilidade. Essa alta transmissibilidade das chamadas “variantes de preocupação” também são alvo de atenção de farmacêuticas como a Pfizer, que já recomenda a aplicação de mais uma dose da vacina.

“Alcançamos uma ampla cobertura vacinal do Recife, que já registrou – segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde – cerca de 73,76% da população adulta imunizada com, pelo menos, uma dose – o que é extremamente positivo. Sendo assim, acreditamos que é a hora de já começarmos a atuar de forma preventiva, imunizando os profissionais de saúde com essa dose extra. A ideia é seguir a ordem prioritária outrora definida pelo Plano Nacional de Imunização (PNI). Essa medida vai garantir a proteção adequada para aqueles trabalhadores que estão mais expostos aos riscos das variantes”, detalha Calheiros.

O requerimento já deve ser posto em pauta de votação no plenário da Câmara do Recife na próxima semana.

COMMENTS